Paladar

Blog da Patrícia

S.O.S. Cozinha

Sanduíches para dias de preguiça

Ninguém precisa comer mal só porque está sem vontade de ir para a cozinha. Dessa vez, a ideia é matar a fome entre duas fatias de pão

20 julho 2017 | 20:19 por Patrícia Ferraz

Que tal matar a fome e a preguiça com um sanduba? Mas tem de ser de alto estilo, é claro. Afinal, quem é que precisa de um blog para fazer um misto quente?! Pois é, não quero ser do contra, mas, dependendo do misto quente, vale receita, sim, por isso, coloquei abaixo também um croque monsieur, o clássico francês, que tem a fama de ser um misto quente metido. Mas ele dá um pouco de trabalho…

Esse sanduíche provençal nasceu para aproveitar o antepasto que estava na geladeira — coisa mais fácil de fazer, só colocar numa assadeira tomates, abobrinhas e berinjelas cortados em rodelas grossas, regar com azeite, temperar com sal e pimenta-do-reino e assar por uns 30 minutos. Se quiser, asse junto rodelas de cebola. Para fazer o sanduíche, use parte do antepasto e deixe o resto na geladeira num pote fechado. Você vai descobrir diversos usos para ele.

FOTO Gabriela Biló / Estadão

 

Para fazer esse sanduíche aberto de camarão e guacamole, inspirado no smorrebrod dinamarquês, você vai precisar de um abacate bem maduro e camarões grandes. Os nórdicos e os alemães têm mania de sanduíches abertos e os preparam com os mais variados recheios sobre uma fatia de pão — quase sempre pão de centeio, coberto por uma farta porção de manteiga.

FOTO Fernando Sciarra/ Estadão

 

Dica do escritor inglês Nigel Slater (aquele cuja história foi contada no delicioso filme TOAST), este sanduíche de carne assada é bem bom. O cara é ótimo de receitas de improviso.

FOTO Jonathan Lovekin

 

Agora, se seu espírito está para uma cozinha mais elaborada, aproveite para fazer um croque monsieur. A preparação desse clássico francês começa com um molho bechamel…Dá trabalho, mas é divino. Dizem que ele nasceu de um acidente, aliás, como centenas de grandes pratos, em todas as cozinhas do mundo. A lenda parece improvável, um trabalhador teria esquecido seu sanduíche de presunto e queijo no sol, o queijo derreteu…Bem, tanto faz, o que importa é que esse estilo de sanduíche começou a aparecer  nos cafés em Paris, por volta de 1910. E não por acaso: é delicioso.

FOTO: Nilani Goettems

 

Tags: