Paladar

Melhores de 2012, parte 91: Bia Amorim

06 fevereiro 2013 | 21:00 por Roberto Fonseca

Foto: Arquivo pessoal

Bia Amorim, sommelier de cervejas, de Ribeirão Preto (SP):

1) MELHOR ALE NACIONAL

Ficou com água na boca?

Gostei muito da Guanabara da Cervejaria Colorado, é o meu tipo de cerveja e ficou realmente um espetáculo.

2) MELHOR LAGER NACIONAL

Gosto da Bamberg Schwarzbier, não é simplesmente uma lager levinha.

3) MELHOR ALE IMPORTADA

Tomei a Chimay Bleu no final do ano e não lembrava que era tão boa. Mas diria que muitas novidades me surpreenderam.

4) MELHOR LAGER IMPORTADA

Brooklyn Lager, não consigo pensar em outra que seja tão boa e tão fácil de encontrar.

5) MELHOR CHOPE

Mikkeller Belgian Tripel

6) MELHOR BAR CERVEJEIRO

Gostaria de citar uma lista. Os que já existiam melhoraram, e tantos outros surgiram. 2012 foi um ano de boas novidades e notícias, cada vez mais os bares estão vendo que a cerveja artesanal traz melhores clientes. Não adianta estar atrelado a apenas uma marca. Se ainda é necessário ter várias pilsens na geladeira, também é necessário ter mais opções para um público mais curioso. Quem sabe no ano que vem também não tenha aqui A MELHOR CARTA DE CERVEJAS DE UM RESTAURANTE, assim podemos incentivar que mais harmonizações sejam feitas.

7) MELHOR CERVEJA CASEIRA

Sempre tomo cervejas muito boas dos irmãos Zanello.

8) MELHOR CERVEJA DO ANO, AQUI OU LÁ FORA

Ola Dubh 30; essas tostadas e maturadas sempre me ganham.

9) RÓTULO MAIS BONITO DO ANO

Trouxe de uma viagem e mandei enquadrar uma sequência de rótulos da Dieu du Ciel, do Canadá. Eles são muito criativos e cada rótulo é muito peculiar. Vale conhecer.

10) NOVIDADE DO ANO

Montei um curso chamado “Gastronomia e Cerveja” em Ribeirão Preto, focado no consumidor final. O feedback que tive do Brasil inteiro foi muito rápido e bom. Apesar desse tipo de evento já acontecer, com o crescimento do setor parece que é preciso mais apoio e espaço, os comensais estão com sede.

11) MELHOR FATO CERVEJEIRO

Quantidade de iniciativas de todos os lados para que a cerveja tenha cada vez mais espaço e com uma melhor forma na vida das pessoas. Vi muita gente procurando estudar e conhecer mais sobre cervejas, vi muitos profissionais viajando e pesquisando…e bebendo (claro, sempre!) para conhecer e conversar melhor. Parece também que o Brasil está na rota dos mais famosos do setor, tivemos muita gente de fora fazendo passeios certeiros por aqui.

12) PIOR FATO CERVEJEIRO

Não ter tomado todas as cervejas que eu gostaria.

Tags: