Paladar

OS MELHORES DE 2009, parte 6

22 dezembro 2009 | 15:55 por Roberto Fonseca

O jornalista e cervejeiro Ricardo Amorim. Foto: Arquivo Pessoal

Apreciador de boas cervejas quando o trabalho de jornalista dá uma folga (hum, onde já vi isso antes?) e flamenguista assumido – sim, aquele time do Rio que cedeu seu escudo para a latinha da Schincariol !!! -, Ricardo Amorim tem um blog sobre a nobre bebida, o Cerveja Só. Entre suas respostas à enquete do blog, uma merece destaque: a dificuldade que as microcervejarias Colorado, de Ribeirão Preto, e Bamberg, de Votorantim, enfrentam junto aos órgãos competentes (?) do governo para registrar a palavra “Vintage” em suas cervejas; a resposta oficial é que “vintage não é termo de cerveja”. Não se trata, porém, de exclusividade brasileira: li num livro do Michael Jackson que a cervejaria Anchor, dos Estados Unidos, teve de usar a palavra “ale” no rótulo de sua barley wine, porque o governo lá não considerava possível haver um “vinho de cevada” (que, na verdade, é apenas o nome do estilo). Leia mais sobre as respostas do Amorim:

1) A ‘top das tops’ de 2009
é de 2008, que bebi em 2009: a Fuller´s Vintage Ale 2008. e ainda tenho guardadas duas garrafas, pra abrir em 2010, 2011, quem sabe…

Ficou com água na boca?

2) Melhor ale
Pra ficar nas nacionais, meu voto continua sendo da Colorado Indica

3) Melhor lager
A Eisenbahn 5, mantida no mercado com muito sabor e grande drinkability. É a minha cerveja do dia-a-dia, aquela pra tomar uma depois de um dia cansativo no trabalho.

4) Destaque nacional
A Bamberg Rauchbier, medalha de prata no European Beer Star, na Alemanha

5) Destaque importado
A prometida chegada das americanas Rogue, Flying Dog e Anderson Valley, que serão trazidas pela Tarantino, braço cervejeiro de uma grande importadora que traz desde as sobremesas do Burger King a pneus de automóveis. As americanas artesanais e de micro cervejarias são a maior novidade mundial no mundo cervejeiro, na minha humilde opinião.

6) Novidade cervejeira
Nem todas são necessariamente boas novidades, mas temos que registrar a Antarctica Sub Zero com evento de lançamento espetacular e uma verba de publicidade astronômica, a Paulistânia, de uma importadora, as Baden de 330ml da Schin, a Bohemia na TV (Harmonize) e o Edu Passarelli no rádio “Viagem pelo Mundo da Cerveja” e na TV, no Mais Você da Ana Maria Braga.

7) Fato cervejeiro
A Brasil Brau, com crescimento espantoso de 2007 pra 2009, que atraiu a atenção até de estrangeiros. E a festa das Acervas no Rio, evento pra mil pessoas com muitas cervejas artesanais de ótima qualidade

8) Pior momento cervejeiro
A burocracia que impede os lançamentos da Colorado Vintage Rapadura e da nº1 da Biertruppe