Paladar

Pilsner Urquell: demorou, mas está a caminho. E mais barata

05 março 2010 | 22:16 por Roberto Fonseca

Soube há pouco, por meio da Import Beer, empresa gaúcha cujo nome já se explica, que está a caminho do Brasil um lote de garrafas de 500ml da Pilsner Urquell, cerveja da República Checa conhecida como “mãe de todas as pilsners” (embora tenha alguns “filhos” bem feiosos, mas não por culpa dela, coitada). A previsão é de que cheguem a solo brasileiro em 15 dias – a partir daí, só Deus e os funcionários da Receita sabem quanto tempo levará para ser levada aos mercados. A promessa chega um pouco atrasada, é verdade: na Brasil Brau de 2009, em junho, a Import Beer previa que a venda começaria em setembro.

Problemas de prazo à parte, a importadora prevê que, no mercado (e não em bares), a cerveja deve custar entre R$ 7,50 e R$ 9,50. Mais uma promessa para anotar no caderninho, mas também uma boa notícia, visto que lotes da cerveja que são vendidos por aqui chegam a custar R$ 45 a garrafa de 500ml, uma grande injustiça com a Urquell por levar ao inevitável “mas uma cerveja pilsen precisa valer tudo isso mesmo?”. A R$ 9,50, posso atestar que vale a pena, por ser uma pilsen com ‘P’ maiúsculo, lupulada e maltada, com excelente equilíbrio. Façamos figa e imploremos a Netuno que não resolva tomar para si a preciosa carga.

Tags: