Paladar

Não perturbe o Sr. Kiyota

03 dezembro 2012 | 22:16 por Patrícia Ferraz

O site CNN Travel testou uma curiosa cafeteria em Tóquio, a Irukaya Coffee Shop, comandada pelo meticuloso Hiroshi Kiyota. Note-se: o termo nem de longe é um exagero. Primeiro, para se ter acesso ao diminuto espaço, com balcão e quatro cadeiras, é preciso reservar. Além disso, o cliente tem de seguir uma série de regras impostas pelo proprietário, listadas em seu blog (tudo em japonês, naturalmente), sob pena de ser convidado a tomar seu café em outro lugar.

 

 Irukaya Coffee Shop

FOTOS: Reprodução – Julen-Esteban Pretel/CNN

Ficou com água na boca?

 

A lista de exigências de Kiyota:

– Sem fotos (nem da fachada)

– Nada de crianças

– Admitem-se ‘grupos’ de no máximo duas pessoas

– Pedidos de pelo menos um drinque por hora

– Não conversar com Kiyota enquanto ele prepara os cafés

– Não fumar

– Não usar telefones celulares

– Só telefonar para fazer a reserva durante o horário de funcionamento da loja

 

Kiyota

 

O repórter da CNN errou logo de cara, telefonando 15 minutos antes do horário de abertura da cafeteria. “Por favor, desligue e leia as regras com mais atenção”, orientou o barista. No fim, tudo deu certo (inclusive com fotos) e o jornalista conseguiu visitar o que ele classificou como “talvez o melhor café de Tóquio”. Balanças, termômetros e outros apetrechos fazem do endereço um misto de santuário e laboratório do grão, que exibe intersecções com o uísque. Aos incautos, Hiroshi Kiyota não deixa dúvidas: é um lugar para se beber café. Ou seja, uma dose de destilado só chega ao balcão escoltada por cafeína.


Segundo o jornalista, valeu cada golinho.

 

FOTO: Divulgação

 

Leia a reportagem completa no CNN Travel.

Tags: