Paladar

Guardando seu café preferido!

Um café para dividir

Histórias e experiências sobre o café

Guardando seu café preferido!

Conheça dicas para conservar os aromas e sabores do seu café favorito

11 outubro 2017 | 13:34 por Ensei Neto

A semente do cafeeiro tem uma enorme quantidade de substâncias que são responsáveis pelos efeitos benéficos para a saúde, melhor aproveitadas após o processo de torra. No entanto, assim que os grãos são resfriados para depois serem embalados, começa uma impiedosa e irreversível ação do oxigênio do ar, que provoca a piora do sabor, como acontece em praticamente quase todos os alimentos e bebidas.
Um pastel frito, por exemplo, deve ser consumido o mais fresco possível, o mesmo deve ser considerado para o café torrado, porque um gosto rançoso se torna cada vez mais intenso com o passar do tempo.

O café pode ser encontrado torrado e moído ou torrado em grãos no comércio em geral, cafeterias e supermercados.

A grande facilidade que o produto torrado e moído possui é o fato de ser apenas necessário dosar a quantidade na hora de preparar a bebida. Mas, essa mesma facilidade é que torna o café em pó mais sensível ao contato com o ar, tornando a oxidação ainda mais rápida.

Ficou com água na boca?

LEIA MAIS: 
+ Como fazer o café coado perfeito

O uso de vácuo minimiza esse problema só até o momento em que a embalagem é aberta.

Uma recomendação para se evitar a rápida oxidação do café em pó é o de comprar quantidade que pode ser consumida em poucos dias depois da embalagem aberta.

É importante sempre fechar bem o pacote de café em pó após o uso, procurando retirar todo o ar antes.
Guardar em local fresco e protegido da luz é outra dica importante para manter a qualidade do seu café.

Foto: Ensei Neto/Arquivo Pessoal

O ideal é, caso você tenha um moedor em casa, comprar o café torrado em grãos e moer somente quando fizer o preparo da bebida. Esta é a principal vantagem do café torrado em grãos, pois a sua oxidação é mais lenta do que no em pó, prolongando as características de frescor.

Embalagens valvuladas são bastante boas para evitar a entrada do ar, conservando o sabor e aroma do café até o momento em que são abertas. Da mesma forma, retirar todo o ar antes de fechar novamente, permite que os aromas e sabores se mantenham por mais tempo.

Eventualmente guardar em geladeira é possível, lembrando que ao retirar deve se aguardar tempo suficiente para que a temperatura dos grãos fiquem próxima ao do ambiente. Se as sementes estiverem com temperatura muito mais fria, a umidade do ar pode se condensar em sua superfície, prejudicando a qualidade da bebida.

Como recomendação ao guardar seus grãos em geladeira, fracione em pacotes com quantidade que você costuma usar no preparo, retirando todo o ar antes de fechar a embalagem.

Observe também a data da torra do café, pois quanto mais recente, melhor.

Há um ditado italiano que resume muito bem os tempos de cada fase da vida do café: “O café cru dura semanas. O café torrado permanece bom por alguns dia, enquanto que o café moído, por algumas horas. E o café na xícara não dura mais que alguns minutos!”

Bom proveito!

Tags: