Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

Essa tal cozinha brasileira

05 agosto 2010 | 08:29 por Luiz Américo Camargo

A edição do Paladar, publicada hoje, com a cobertura do nosso grande evento Paladar – Cozinha do Brasil, tem um assumido clima de festa. Obviamente, trata-se de um trabalho de reportagem, com a obrigação de captar o que foram aqueles três dias, de apresentar um resumo das explanações ao leitor – principalmente no caso de quem não pôde ir ao Hyatt.

Nas páginas, claro que há reflexão, opinião, informação. Mas há, principalmente, a captação de um momento efervescente da cozinha brasileira. Cozinheiros, especialistas de varias áreas, sommeliers e barmen, eles estão ali defendendo o que há de melhor da produção brasileira de comida e bebida. E estão, a meu ver, conseguindo dar uma dimensão cultural a algo que, por muitos anos, foi tido e havido como uma manifestação menor.

Muitos dos leitores deste blog puderam ver o evento ao vivo. Mas muitos outros não conseguiram. Eu convido todo mundo, então, a ler a edição impressa; e a ver o que será apresentado ao longo do dia no estadão.com.br. São videos, galerias de fotos, receitas… Há um universo de sinais vitais que nos mostram que a cozinha brasileira está forte, potente.

Ficou com água na boca?

O Paladar tem muito orgulho de poder participar do fomento de todo esse processo, e de poder acompanhá-lo jornalisticamente (até porque jornalista não é chef).

Sabem aquelas crianças que vemos uma ver por ano, e que nos espantam com seu crescimento durante o período? Pois é, no nosso caso é ainda mais interessante. Nós acompanhamos a criança quase cotidianamente. E, no entanto, nos surpreendemos do mesmo jeito com a intensidade com que ela vai ficando cada vez maior.

Do jeito que vai, podemos acreditar: há mesmo de ser grande.