Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

Quem dá mais? Quem faz por menos?

30 janeiro 2009 | 20:43 por Luiz Américo Camargo

Quando os taxistas de São Paulo vão cair em si e reduzir seus preços – ou, quem sabe, criar uma espécie de ‘promoção do jantar’ ou algo do tipo? Será que eles não percebem que estão perdendo a oportunidade de ganhar um monte de clientes?
Fiz aqui uma conta. Se você vai a lugares como o P.J.Clarke’s ou Dalva e Dito, vai pagar R$ 15 pelo valet. Um absurdo. Considerando o combustível e desgastes mecânicos, digamos que esta conta passe dos R$ 20. É dinheiro.
Com um pouco de boa vontade e articulação entre os motoristas de praça, certamente seria possível fazer um preço que persuadiria boa parte dos clientes dos restaurantes a deixar o carro em casa. Com a vantagem de poder beber sem problemas. Mas, do jeito que vai, está mais fácil o manobrista chegar aos valores do táxi do que o contrário.