Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

Sardinha com foie

04 fevereiro 2009 | 15:24 por Luiz Américo Camargo

Tudo indica que vem das Astúrias, ainda distante das badalações da Catalunha e do País Basco, um dos mais irreverentes chefs da cozinha espanhola atual. Nacho Manzano, da Casa Marcial (que pude visitar em 2006), já sacudiu o tradicionalismo regional ao desestruturar a fabada asturiana; provocou os puristas ao propor o gazpacho sólido; e, mais recentemente, apresentou em seu restaurante o foie gras com sardinha – exibido inclusive no último MadridFusión. Com algumas influências de Ferran Adrià (mais ideológicas do que técnicas) e muito apreço pelo terroir de Arriondas, ele vem se confirmando como o grande provocador da nueva cocina desde Quique Dacosta (este, autor, não por acaso, do prato cuba libre de foie, feito com Coca-Cola e criado em 2001).