Paladar

Luiz Horta

Ainda os biôs

20 fevereiro 2009 | 06:21 por Luiz Horta

A Revue des Vins de France publica amplo dossier sobre organicos e biodinamicos, dando a entender que já é mais que uma mera tendencia. Trata-se de um padrao inescapavel para o vinho atual e os vinicultores que teimarem em permancer nas praticas classicas de agricultura com uso amplo de quimicos vao desaparecer. Mas confirma o chilique de Glupt! num post anterior: há vinhos excelentes, medios e muito ruins em biodinamica, os critérios de avaliaçao permanecem os mesmos, não é por ser biô que um vinho é automaticamente bom.
A primeira degustação de biodinâmicos que fiz foi conduzida por MArie-Louise Banyols, então diretora da revista, acho que atualmente ela dirige a Lavinia, o que explica a forte presença de vinhos artesanais e naturais na ótima loja do Boulevard de la Madeleine (e na Diagonal em Barcelona). Foi ela também que conduziu uma das degustações mais pedagógicas e fantásticas que já fiz, sobre pequenos defeitos que são virtudes em vinhos. Vinhos são inimigos conceituais da perfeição, mas isto é assunto demasiado longo para um blog.