Paladar

Luiz Horta

Naming names

17 fevereiro 2009 | 03:43 por Luiz Horta

Leio uma explicação para algo que me intriga desde a posse do Obama. O espumante servido no almoço de posse dizia no rótulo Champagne, mas era da Califórnia. Agora entendo, os Estados Unidos,depois de 20 anos de negociações, assinaram em 2005 um acordo que bane os nomes regionais dos produtos feitos fora das regiões. Como o espumante era mais antigo, ainda dizia Champagne. Engraçado ler que um produtor de vinhos forticados de Zinfandel (do jeito que os vinhos desta uva são alcóolicos nem precisava fortificação,mas deixa para lá), impedido de dizer Porto no rótulo batizou seu vinho de USB, que é um porto do computador. Dah!