Paladar

Luiz Horta

Os Torres

01 fevereiro 2010 | 20:02 por Luiz Horta

Miguel Torres, o filho, um cavalheiro da mesma linhagem do pai, manda um email.
Anos atrás conversamos sobre a Rioja, mas principalmente sobre música barroca e sobre o orgão histórico da cidade de Labastida, na Rioja Alavesa, onde a vinícola Torres começava a produzir seu primeiro vinho riojano.
Agora Torres, o filho, assume a empresa no Chile e anuncia a expansão para lá das preocupações orgânicas da empresa catalã. E conta (acho que isto é um furo do Glupt!, mas não vou jurar) que plantarão vinhedos de Pinot Noir para um PN chileno com o estilo Torres, elegância, acessibilidade, qualidade. Eu acho que isto também é terroir, gente fina produz vinhos educados, cultos e afáveis.
Sempre me lembro do que disse Eduardo Chadwick no ano passado, na vertical de Seña que fizemos para o Paladar: “foi preciso o Torres vir ao Chile nos ensinar como fazer bom Sauvignon Blanc”.