Paladar

Luiz Horta

Tragédia na Borgonha

01 abril 2010 | 00:00 por Luiz Horta

Não vai haver Romanée-Conti 2009.
A péssima notícia foi dada hoje.
O proprietário da mítica propriedade da Borgonha anunciou que este ano não lançará seus caros vinhos com a safra do ano passado. A produção de uvas foi considerada imprópria para manter a qualidade do domaine.

VINHO

Sempre polido, Aubert de Villaine atendeu o Glupt! ao telefone, mas deu para notar que tinha pressa: “fizemos suco de uva, já está tudo pronto. Como não deu tempo de preparar uma embalagem decente usaremos velhas garrafas no formato double magnum de 3 litros de La Tâche, com rolha plástica”.
O suco, apenas 20 mil litros dele, será vendido só hoje nas lojas chiques de Paris – Bon Marché, Lafayette Gourmet e Fauchon e na Lavinia do Boulevard de la Madeleine- a 38 euros a garrafa.
“É um suco ruim, vale pela curiosidade” disse Monsieur de Villaine.

Ficou com água na boca?

VINHOS/ FEIRA

[Aubert de Villaine em Beaune, ano passado, foto divulgação]

“Aconteceu alguma coisa, da noite para o dia as uvas ficaram molinhas. Você apertava com a mão e faziam um som bizarro, fuuuf ou dependendo do vinhedo e do terroir, pfuiiich e até puooom. As melhores faziam panz e foram as que salvamos. Foi drástica a decisão, mas uvas com estes sons não dão bom vinho”.

FRUTAS / SUBPRODUTOS
[As garrafas na vitrine da Lavinia do Boulevard de la Madeleine, foto Filipe Araújo/AE]

O dinheiro arrecadado será inteiramente doado para pesquisas sobre o uso da realidade aumentada na alimentação, monsieur é defensor dos direitos dos animais, incluindo o de voto. “Eu não sei explicar bem o processo de La realité ampliée, mas os animais serão abatidos e comidos virtualmente, mesmo as lebres e codornas selvagens. A caça será totalmente sem mortes, mas o prazer de comer uma deliciosa lièvre a la royale será mantido. Comeremos os animais sem que eles morram! Quando aparecer o tal software eu tenho certeza que será sensacional e eu entenderei”.

Monsieur de Villaine também vai tirar 72 euros da soma para comprar uma bicicleta nova. “A minha está um lixo, é uma bateção de lata sem fim”. Deu os bonjours de rigor e desligou.

770F12_1

[Vista do vinhedo murado do famoso La Tâche e a monumental sede do Domaine, foto divulgação]

É o que os franceses chamam “poisson d’avril”.