Paladar

Luiz Horta

Vinho de 5a

16 julho 2009 | 18:48 por Luiz Horta

Estou tendo uma experiência interessante: completamente sem olfato e de cama, com uma espécie de rinite-gripe-entupimento-nasal. Não, o interessante não é a doença, mas ser forçado a provar tudo usando exclusivamente o paladar. Parece absurdo dizer isto, mas algumas coisas aparecem com mais nitidez. Quero meu olfato de volta, claro! Só que dá para aproveitar “cientificamente” este estado.

Tomei o melhor café da minha vida, senti um gosto de canela que nunca tinha percebido nele, a acidez estava tão agradável que quase fui para a segunda xícara. [Fui, fiz um café Fazenda Pessegueiro em extraçao francesa, sem nariz senti um gosto de amendoim torradinho delicioso! E o retrogosto ficou interminável…melhor parar com isto antes que renuncie de vez ao olfato em nome do gosto]. E não era nenhum blend importado caro, ou um raro grão Blue Mountain da Jamaica, era o Aralto mesmo.

Mas tergiverso. Indicar vinho da semana num dia em que o Paladar trouxe 200 rótulos é exagero. Pincei da minha própria lista no jornal o Jerez Manzanilla Rey Fernando de Castilla. Esta empresa xerezana é muito simpática. Tem preços bons, trabalho sério e uma linha toda de qualidade. O preço ficarei devendo, algo como R$ 40 na Casa Flora.

Ficou com água na boca?

Manzanilla não precisa explicação, meu amigo do blog Alhos que o diga, confrade na mania de Manzanilla (manzanillofilia descreveria melhor o sentimento), líquido que arredonda os dias.

Amanhã, espero que de pé, telefonarei e checarei o valor exato.