Paladar

A cachaça e os concursos internacionais: entenda o que significam as medalhas

O Cachacier

Tudo sobre cachaça, por Mauricio Maia

A cachaça e os concursos internacionais: entenda o que significam as medalhas

Um dos principais concursos de vinho e destilados do mundo realiza sua etapa brasileira em abril; as inscrições estão abertas para produtores

03 março 2017 | 19:59 por Mauricio Maia

Algumas marcas de cachaça ostentam em sua garrafa, juntamente com o rótulo (obrigatório), alguns selos colados por cima, do lado, embaixo, no gargalo, por toda a garrafa. Mas você sabe o que significam aqueles selos?

O óbvio: são medalhas conquistadas em concursos de bebidas. O não tão óbvio: essas medalhas representam para o consumidor uma importante informação – indicam qualidade! Indicam que aquela bebida foi avaliada por um painel de jurados gabaritados (vários deles estrangeiros) e se destacou perante suas concorrentes (que passam facilmente de mais de três centenas).

 

Cachaça Sebatiana Duas Barricas

Cachaça Sebastiana Duas Barricas com sua medalha Double Gold conquistada no San Francisco World Spirits Competition no ano passado. FOTO: Cachaça Sebastiana/Divulgação

 

É muito comum no mercado de bebidas a realização de concursos deste tipo. Os mais famosos são os grandes concursos de vinhos, mas os de destilados vem ganhando espaço e a atenção de produtores e especialistas.

Existem diversos, em todos os continentes. O mais antigo e talvez o mais famoso é o Concours Mondial de Bruxelles, que já realizou uma etapa internacional aqui no Brasil, em 2014, na cidade de Florianópolis. Ele realiza anualmente uma etapa brasileira, onde concorrem somente vinhos e destilados nacionais, com objetivo de promover o setor vitivinícola e a indústria de destilados no País, revelando os melhores rótulos, sejam eles de pequenos ou grandes produtores, e projetando-os internacionalmente.

As degustações são sempre às cegas e realizadas por um júri renomado composto por jornalistas e especialistas brasileiros e estrangeiros que têm a tradição de promover a bebida brasileira em seus trabalhos.

[ATENÇÃO PRODUTORES!] As inscrições para o Concours Mondial de Bruxelles deste ano estão abertas. Os produtores interessados em ter seus vinhos, cachaças e outros destilados avaliados podem se inscrever pelo e-mail concurso@marketpress.com.br. É preciso enviar seis garrafas de vinho ou três garrafas de destilado de cada uma das amostras até o dia 20 de março para a organizadora do concurso no Brasil, à Av. São Camilo, 412-12, Granja Viana, Cotia, São Paulo.

Este ano, o CMB – Brasil será realizado de 4 a 7 de abril na cidade gaúcha de Bento Gonçalves e terei o prazer e a dura missão – o trabalho de avaliação não é fácil! É bem puxado e muito sério! – de ser um dos jurados. Vocês poderão acompanhar pelas redes sociais do Paladar o dia a dia do concurso.

Saúde!


O 15º Concurso Nacional de Vinhos Finos e Destilados/CMB Brasil tem a organização da empresa belga Vinopres com o apoio da revista Vinho Magazine, do Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho), do Governo do Rio Grande do Sul, da SPVinho, do Ibrac (Instituto Brasileiro da Cachaça), da Aprodecana (Associação dos Produtores de Cana-de-Açúcar e seus Derivados do Estado do Rio Grande do Sul) e do Condomínio Vitivinícola Spa do Vinho.

SERVIÇO

15º Concurso Mundial de Bruxelas – Edição Brasil
Data: 4 a 7 de abril
Local: Condomínio Vitivinícola Spa do Vinho – Bento Gonçalves – RS
Informações: facebook.com/concursomundialdebruxelas

Tags:

0
Comentários
0

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.