Paladar

O Cachacier

Tudo sobre cachaça, por Mauricio Maia

Conheça os 50 rótulos finalistas do III Ranking da Cúpula da Cachaça

São 50 cachaças representando 12 estados e o Distrito Federal, um retrato do há de melhor na produção do destilado nacional

20 dezembro 2017 | 10:10 por Mauricio Maia

Nesta 2ª fase, o grupo das ‘250 Cachaças Mais Queridas do Brasil’ passou por um processo de destilação profissional. Um painel com 48 dos maiores especialistas de cachaça do País (inclusive 8 dos 12 membros ativos) apontaram os rótulos que estão mais preparados para figurar entre os melhores do País.

 

Taça Cúpula da Cachaça

Taça ISO e as amostras utilizadas nas degustações em 2016 FOTO: Cúpula da Cachaça

Ficou com água na boca?

 

Foram 25 dias para analisar as 250 cachaças e fazer a seleção de até 50 rótulos. Um trabalho difícil e cumprido à risca pelos participantes.

Parabéns a todas as classificadas! São elas:

● Authoral – Brasília/DF
● Canarinha – Salinas/MG
● Caracuípe Prata – Campo Alegre/AL
● Casa Bucco Envelhecida Carvalho – Bento Gonçalves/RS
● Cedro de Líbano – São Gonçalo Amarante/CE
● Claudionor – Januária/MG
● Colombina 10 anos – Alvinópolis/MG
● Companheira Extra Premium – Jandaia do Sul/PR
● Coqueiro Prata – Paraty/RJ
● Da Quinta Amburana – Carmo/RJ
● Da Quinta Branca – Carmo/RJ
● Da Tulha Ouro – Mococa/SP
● Engenho Pequeno – Pirassununga/SP
● Engenho São Luís Amendoim – Lençóis Paulista/SP
● Engenho São Luiz Extra Premium – Lençóis Paulista/SP
● Havana/Anísio Santiago – Salinas/MG
● Havaninha – Salinas/MG
● Indiazinha Ouro – Abaetetuba/PA
● Leandro Batista – Ivoti/RS
● Leblon – Patos de Minas/MG
● Magnífica Carvalho – Vassouras/RJ
● Magnífica Reserva Soleira – Vassouras/RJ
● Matriarca Jaqueira – Caravelas/BA
● Middas Reserva – Adamantina/SP
● Nobre – Sobrado/PB
● Pardin 3 Madeiras – Camanducaia/MG
● Porto Morretes Premium – Morretes/PR
● Princesa Isabel Aquarela – Linhares/ES
● Princesa Isabel Jaqueira – Linhares/ES
● Reserva do Nosco Branca – Resende/RJ
● Saliníssima – Salinas/MG
● Sanhaçu Freijó – Chã Grande/PE
● Sanhaçu Umburana – Chã Grande/PE
● Santo Grau Itirapuã – Itirapuã/SP
● Santo Grau Solera Cinco Botas – Itirapuã/SP
● Santo Grau Solera PX – Itirapuã/SP
● Sebastiana Carvalho – Américo Brasiliense/SP
● Sebastiana Castanheira – Américo Brasiliense/SP
● Sebastiana Cristal – Américo Brasiliense/SP
● Século XVIII Rótulo Azul – Cel. Xavier Chaves/MG
● Serra Limpa – Duas Estradas/PB
● Tábua Bálsamo – Taiobeiras/MG
● Tiê Prata – Aiuruoca/MG
● Vale Verde 12 anos – Betim/MG
● Volúpia Freijó – Alagoa Grande/PB
● Weber Haus 7 Madeiras – Ivoti/RS
● Weber Haus Amburana – Ivoti/RS
● Weber Haus Extra Premium Lt. 48 – Ivoti/RS
● Werneck Ouro – Rio das Flores/RJ
● Werneck Safira Régia – Rio das Flores/RJ

Estas 50 cachaças irão para a fase final, a ‘Degustação às cegas’, onde durante dois dias, no último final de semana de janeiro, os 12 cúpulos se reunirão na Cachaçaria Macaúva (Analândia – SP) e analisarão aspectos visuais, olfativos e sensoriais de cada uma dessas maravilhas da produção brasileira, estabelecendo pontuações para uma série de quesitos, sem saber as marcas que estão provando. A média estatística das notas de cada amostra definirá as posições no Ranking e a ‘Cachaça do Ano’. O resultado será divulgado, com exclusividade, aqui no Paladar Estadão.

O Ranking é uma iniciativa destinada a divulgar e valorizar a produção brasileira de cachaça e fomentar a busca pela qualidade no setor.

Agradeço a participação de todos.

Saúde!

Tags: