Paladar

O Cachacier

Tudo sobre cachaça, por Mauricio Maia

Dia da Cachaça Mineira: projeto leva turistas a alambiques mineiros

Dia 21 de maio marca, simbolicamente, o inicio da safra da cana-de-açúcar em MG. Saiba mais sobre a data e conheça um novo roteiro para visitar alguns alambiques mineiros

19 maio 2017 | 14:58 por Mauricio Maia

Neste domingo, 21, comemora-se o Dia da Cachaça Mineira. Esta data marcava a comemoração nacional à bebida até 2010, quando foi aprovada a lei que determinou 13 de setembro como o Dia Nacional da Cachaça em homenagem ao fim da Revolta da Cachaça, quando se encerrou a proibição da produção e comercialização da bebida na então colônia portuguesa. Desde então, o dia 21 de maio passou a ser a data magna da cachaça em Minas Gerais por marcar simbolicamente o início da safra da cana-de-açúcar no estado.

Minas é o estado onde concentra-se a maior quantidade de alambiques em todo o País, são mais de 1.500 estabelecimentos registrados no Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Porém, segundo projeções do mercado feitas pelo Ibrac (Instituto Brasileiro da Cachaça), esse número, só no estado de Minas, deve ultrapassar os 15.000 alambiques.

 

Alambique Mazuma Mineira

Entrada do alambique da cachaça Mazuma Mineira, em Bichinho, próximo a Tiradentes. FOTO: Mazuma Mineira/Divulgação

 

Datas comemorativas como esta servem para difundir a imagem da cachaça e divulgar não somente o produto, mas a cultura regional e os valores brasileiros. Porém, o que realmente marca a memória das pessoas é a experiência. A vivência de visitar e conhecer os produtos e a cultura de uma região. Para isso, Minas Gerais é um prato cheio. Repleto de alambiques e produtores artesanais de queijos, cafés, embutidos e até vinhos finos, o estado é rico para quem quer viver todas estas experiências.

O Travessias Brasil é um projeto que cria roteiros e guia turistas em viagens que visam a valorização do patrimônio nacional através da visitação de produtores artesanais e, como não poderia faltar, de alambiques – por isso, pode ser uma boa opção para comemorar a data. Eu sou um de seus idealizadores juntamente com a consultora de serviço e cachaças Isadora Bello Fornari, além de outros profissionais envolvidos.

O projeto já conta com três roteiros, sendo os dois próximos para MG. O primeiro, de 2 a 4 de junho, passará pelo sul do estado, com destino final em Tiradentes, parando em um produtor de queijo de cabra, o Capril do Bosque, em Joanópolis (SP), onde teremos uma degustação ao redor de uma fogueira. Segue para uma vinícola, a Luiz Porto Vinhos Finos, em Cordislândia (MG), onde almoçaremos um fogo de chão preparado pelo Carlão Carvalho no meio do parreiral. Passa por Coronel Xavier Chaves (MG), onde conheceremos o Engenho Boa Vista, que é o alambique em atividade mais antigo do Brasil e onde é produzida uma das variedades da Cachaça Santo Grau. A família também possui na cidade uma pousada, em um casarão que foi de um inconfidente, e onde os participantes cozinharão – já no dia seguinte – com a matriarca da família Chaves, estudiosa e pesquisadora da gastronomia colonial, colhendo os produtos da própria horta. Finalmente, rumando para Tiradentes (MG), conhecerão o alambique cinematográfico da cachaça Mazuma Mineira, em Bichinho, encerrando o dia com um jantar preparado pelo chef Rodolfo Mayer, do restaurante Angatu, dentro da cave de envelhecimento da cachaça, toda construída em pedra.

O segundo roteiro segue para a cidade de Salinas (MG), a capital da cachaça, de 13 a 16 de julho, durante o Festival Mundial da Cachaça, também repleto de visitas e experiências memoráveis.

Roteiros para explorar as riquezas culturais e as cachaças de Minas Gerais não faltam, porém, mais importante que o destino é o percurso e as experiências vividas na jornada.

Saúde!


SERVIÇO

Travessias Brasil – Sul de Minas
São Paulo – Tiradentes
3 dias e 2 noites (2 a 4 de junho)
A partir de R$ 350 (por dia)
Reservas: (21) 96765-9554 / @travessiasbrasil / somos@rosariorsr.com

Travessias Brasil – Salinas
Montes Claros – Salinas
4 dias e 3 noites (13 a 16 de julho)
A partir de R$ 275 (por dia)
Reservas: (21) 96765-9554 / @travessiasbrasil / somos@rosariorsr.com

Tags:

0
Comentários
0

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.