Paladar

Arroz de forno com camarão

10 abril 2007 | 18:03 por Jamil Chade

Como prometi no hoje programa Panorama, do Leandro Andrade, na rádio Eldorado, aqui está o arroz de forno com camarão, uma receita tradicional de minha família, que comi na Sexta Feira Santa na companhia de dois ótimos vinhos brancos: Errazuriz Reserva Chardonnay 2005 e Catarina 2005.

O primeiro é um chileno do frio Vale do Casablanca, que apresentou ótimo aroma, bem equilibrado, com o toque de madeira na medida certa. Um vinho fresco, com ótima acidez.

O Catarina é um lusitano com um toque francês. A uva principal é a Fernão Pires, mas a Chardonnay entra em proporções minoritárias e deixa a sua marca. Um branco redondo, de boa concentração e fresco. Tem sido um dos brancos que gosto.

Ficou com água na boca?

Os dois foram muito bem mesmo com o prato principal do almoço, feito pela minha irmã, a Sila Maria, lá em nossa casa de Jaú.

Quem tiver em casa um arroz do dia-a-dia já pronto, queima várias etapas.

Ingredientes para fazer o arroz:

2 colheres de sopa de manteiga;
1 cebola picada;
1 dente de alho pequeno e picado;
2 xícaras de chá de arroz lavado e escorrido;
4 xícaras de chá de água e
sal.

Ingredientes para fazer o prato:

o arroz preparado anteriormente;
750 gramas de camarão médio (ou grande) já limpo;
suco de meio limão;
2 cebolas pequenas
1 dente de alho;
200 gramas de ervilhas em lata (opcional);
10 tomates sem peles e sementes;
3 ovos cozidos;
2 colheres de sopa de óleo de milho;
1 xícara de chá de água;
150 gramas de mussarela fatiada;
100 gramas de parmesão ralado e
sal.

Utensílios:

uma faca, uma tábua de cozinha, um escorredor de arroz, uma panela para cozinhar o arroz, uma frigideira grande para preparar o refogado, uma escumadeira; um liqüidificador; um abridor de latas e uma colher de pau.

Modo de fazer:

Primeiro, prepare o arroz, como aquele do dia-a-dia. Derreta a manteiga numa panela e refogue a cebola, que deve apenas murchar, sem mudar de cor. Junte o arroz e refogue durante uns três ou quatro minutos, mexendo com a colher de pau. Cubra com a água (sempre o dobro da quantidade do arroz), salgue com moderação e deixe cozinhar até o arroz ficar soltinho.

Enquanto o arroz está cozinhando, prepare os demais ingredientes e disponha em pratos separados. Abra a lata das ervilhas. Retire as peles e sementes dos tomates. Coloque num outro prato a cebola picada e o alho. Cozinhe os ovos e corte em rodelas.

Tempere os camarões com um pouco de sal e o suco do limão.

Esquente o óleo de milho na frigideira e refogue muito rapidamente os camarões. Um minuto de cada lado. É só mudar de cor e está pronto. Retire e reserve.

Na mesma frigideira refogue rapidamente a cebola e o alho. A cebola deve apenas murchar, sem mudar de cor. Vá mexendo com a colher de pau.

Acrescente os tomates e uma xícara de chá de água. Cozinhe durante uns dez minutos no fogo médio para baixo.

Apague o fogo, deixe o molho esfriar e passe o refogado pelo liqüidificador.

Retorne à panela e leve ao fogo médio. Acrescente as ervilhas e a água que vem na lata. Junte aindaos camarões. Cozinhe durante alguns minutos, uns três a cinco e está pronto o molho.

Acenda o forno. Fogo alto.

Monte o prato no refratário. Primeiro, misture o arroz com o molho de tomate ainda na frigideira e incorpore 2/3 do parmesão. Verifique o tempero. Cuidado com o sal, pois o queijo já é salgado.

Forre, então, o refratário com metade do arroz com molho de camarão. Coloque por cima as fatias de mussarela cobrindo toda a superfície. Espalhe também as fatias de ovos cozidos. Cubra com o restante do arroz e espalhe por cima o que sobrou do parmesão ralado.

Leve ao forno. Quando o parmesão da superfície começar a dourar, está pronto.