Paladar

Milho

Originário das Américas, o cereal historicamente popular entre os incas, maias e astecas apresenta versatilidade única. Debulhado ou ainda inteiro, com ou sem a palha, grãos secos ou frescos aparecem o ano todo nos mercados. Por aqui, é durante o mês de junho que ganha destaque nas festas juninas, em broas, canjicas, pamonhas e curaus. Nos mercados encontram-se espigas frescas e o milho seco, amarelos ou brancos. Com os grãos amarelos inteiros se faz pipoca e do amarelo quebrado, a canjiquinha (salgada). Com os grãos de milho branco é possível preparar a canjica, um doce caseiro tipicamente brasileiro. Mais tradicional nas feiras e praias, é possível comê-lo cozido na espiga só com manteiga.

 

Como escolher

Escolha espigas frescas, com a palha ainda verde. Aperte levemente o grão do milho e confira se solta líquido, isso é sinal de frescor.

 

Como conservar

Ficou com água na boca?

Fresco, na geladeira, dentro de saco plástico fechado, com a palha. Mas se não for consumir logo, cozinhe antes de guardar.

 

Melhor época

O ano todo.

 

Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Ficou com água na boca?