Paladar

100 Melhores Pratos SP

100 Melhores Pratos SP

Saiba como foram eleitos os 100 melhores pratos de São Paulo

O 'Paladar' montou um time de 15 jurados, entre críticos, jornalistas especializados e gourmets, que visitam restaurantes rotineiramente para chegar à seleção final

14 dezembro 2016 | 19:05 por Redação Paladar

Gosto se discute. Pelo menos a gente aqui no Paladar faz isso o tempo todo. Mas, para chegar aos 100 melhores pratos de São Paulo, não houve discussão: montamos um time de 15 jurados, entre críticos, jornalistas especializados e gourmets que visitam restaurantes rotineiramente e pedimos que indicassem seu prato favorito e o segundo preferido em dez categorias distintas: entrada, massa, arroz, peixe e frutos do mar, bacalhau, carne, sushi, hambúrguer, pizza e sobremesa.

Com os votos em mãos, chegamos a uma lista de quase 300 pratos. E fomos à checagem: alguns já tinham saído do cardápio, outros se repetiam entre os jurados. Depuramos as três centenas até chegar à seleção de 100 que você confere aqui.

 

  Foto: Cléber de Campos| Estadão

Há dez sugestões em cada categoria — os pratos não estão classificados por ordem de preferência ou posição na lista. A ideia não é indicar o melhor ou o pior, ao contrário, é apresentar pratos, todos excelentes, que você não pode deixar de provar. A seleção tem receitas de casa sessentona, como o La Casserole, no Centro, e de brotos como o novo Ryo, de nem dois meses de vida, no Itaim Bibi. Alguns são supertécnicos, como os do Maní, outros simples como os clássicos da culinária nordestina do Mocotó. Tem cheesebúrguer de R$ 22, no Underdog, e bacalhau alla livornese de R$ 187, no Fasano. Faminto leitor, de bolsos, gostos e desejos distintos: sinta-se contemplado pelo multicolorido cardápio paulistano. 

E devore a cidade, um prato por vez.

 

LEIA MAIS:

Conheça quem elegeu os 100 melhores pratos de SP 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.