Paladar

Bebida

Bebida

Cerveja londrina na garrafa de plástico. E ótima

Por Roberto Almeida

19 dezembro 2013 | 00:17 por redacaopaladar

Foi desses almoços em que o prato cai no esquecimento e a bebida estampa a boa lembrança com um sorriso. A protagonista improvável foi uma garrafa plástica retornável de duas pints – pouco mais de um litro. Nela, uma Red Ale recém-saída da torneira da jovem The Brockley Brewing Company.

FOTOS: Roberto Almeida/Estadão

A Brockley Brewery é uma pérola do pouco badalado sudeste de Londres. É pequena, alegre e familiar, ou seja, dona de adjetivos raros no mercado feroz da capital britânica. Basta dizer que naquela manhã, enquanto o filho jogava Torremoto no mesão de quermesse, a mãe batalhava para completar a garrafa de plástico com a Red Ale.

Ficou com água na boca?

Ao mesmo tempo, Andy Rowland, o cervejeiro, remava na maçante tarefa de lavar os tanques. Parecia satisfeito com o resultado suado. A cerveja, soube depois, é a paixão de uma vida inteira dedicada à construção civil. Ou seja, somente agora ele está fazendo o que gosta.

Aberta em março, a Brockley Brewery tem três ótimos rótulos: uma levíssima Golden Ale (3,8%), uma tradicional Pale Ale (4,1%) e a Red Ale (4,8%). Todas são servidas nas garrafas de plástico de duas pints (1,136 litro) a £ 4 (cerca de R$ 15) e no garrafão de quatro pints (2,273 litros) a £ 8 (cerca de R$ 30).

Os preços são excelentes para padrões londrinos. É a metade do cobrado em pubs. O único porém: a cerveja da Brockley Brewery dura apenas 24 horas na garrafa de plástico.

Andy Rowland fala de suas ales

Na amizade. Seis amigos, todos moradores do sudeste de Londres, estão por trás da cervejaria. Tocam a casa quando têm tempo livre. Entre eles há um corretor de imóveis, um funcionário público, um profissional do setor de transportes e gente da construção civil, como Andy Rowland, o também cervejeiro.

Versado na escolha de maltes e lúpulos ideais para o paladar local (veja abaixo), Rowland deu uma rápida palestra no primeiro “open day” da Brockley Brewery. Ficou animado com a enorme movimentação no acanhado salão dos tanques de inox e indicava, satisfeito, a combinação da Red Ale com um cheddar supermaturado.

O objetivo da cervejaria é expandir a produção acima dos 900 litros semanais (pouco menos de 50 mil litros ano). Mas nem tanto. O rótulo da Brockley Brewery mal começou a aparecer em pubs e restaurantes da cidade. São 25 endereços vendendo as cervejas, na torneira ou engarrafadas.

“A Brockley Brewery é acionista do Ivy House Community Pub. É um de nossos pubs favoritos. Apoiamos totalmente essa iniciativa da comunidade e nossas cervejas estão lá quase sempre porque vendem bem”, conta Rowland. É o localismo na prática. O resultado, na teoria, é mais integração, respeito e pertencimento ao bairro.

Anti-onda. A escolha pelo pub comunitário diz muito sobre as pretensões da cervejaria. Mesmo com a febre londrina pelas cervejas artesanais, Rowland diz que não quer crescer para competir. Ele faz questão de ir contra a onda de investimento pesado no mercado das ales, que andam recebendo milhões de libras esterlinas de investimento e são distribuídas por todo o Reino Unido.

“As pessoas realmente parecem gostar de ter uma cervejaria local, perto de onde vivem. Os comentários que recebemos sugerem que ela acrescenta algo à área de Brockley, algo que torna o bairro um lugar mais interessante para viver”, comenta o cervejeiro.

A Brockley Brewery, por enquanto, só entrega suas cervejas no sudeste de Londres. E dificilmente sairá da região tão cedo. O caminhão, brincam, ainda é pequeno. Mas se tiver chance, não deixe de provar: vale a viagem para conhecer a portinha convidativa da cervejaria e bater um papo com Rowland, jogar Torremoto com as crianças e perguntar sobre a Stout que vem aí.

Uma cerveja de bairro

Brócolis | Brockley soa como brócoli até para os britânicos e é o nome do bairro em que fica a cervejaria, a 15 minutos de trem do centro de Londres. O cenário é de subúrbio, com casinhas iguais, com chaminés e cheiro de lenha.

Garrafa viajante | A Brockley Brewery começou a vender em garrafas de vidro. O problema é que a cerveja vai até Cumbria, no norte da Inglaterra, para ser engarrafada.

Litro de leite | As garrafas de plástico da Brockley Brewery são iguais às usadas para armazenar leite no Reino Unido. Quem tiver o cuidado de guardar e devolver à cervejaria recebe 30 pence (R$ 1).

Direto da torneira

Brockley Brewery Golden Ale (3,8%)

Dourada e refrescante, é uma cerveja com pouca carbonatação e amargor leve, quase moderado. Simples, saborosa e pouco alcoólica, é fácil de beber e muito bem equilibrada entre a leveza e o bom corpo. O aroma lembra bergamota.

Brockley Brewery Pale Ale (4,1%)

A receita é de uma tradicional English Bitter Ale. Leva o malte Maris Otter, favorito dos britânicos. Variedades inglesas de lúpulo são misturadas ao eslovaco Styrian Bobek. É encorpada e com notas de damasco. Balança entre amargor e doçura.

Brockley Brewery Red Ale (4,8%)

A ponta de lança, de cor rubi e bastante aromática. Os lúpulos vêm dos Estados Unidos: Simcoe, Centennial, Chinook e Cascade. Pulam do copo notas cítricas. O final é seco e potente.

SERVIÇO

Brockley Brewery

31, Harcourt Road – Londres

Tel.: 44-20-07814-584338

brockleybrewery.co.uk

Ivy House Pub

40, Stuart Road – Londres

ivyhousenunhead.com

>> Veja a íntegra da edição do Paladar de 19/12/2013

Ficou com água na boca?