Paladar

Bebida

Bebida

Saca essa rolha

Isabelle Moreira Lima

Degustação reúne 20 anos de Quinta da Leda, um vinho 'picante'

Provamos sete safras em prova realizada no restaurante A Bela Sintra, em São Paulo

31 maio 2017 | 20:47 por Isabelle Moreira Lima

A Quinta da Leda é considerada a joia mais brilhante da Casa Ferreira, no Douro. É de lá que saem as uvas que compõem o Barca Velha e o homônimo Quinta da Leda. Nesta semana, uma prova com sete safras foi realizada pela importadora Zahil, que comercializa os vinhos da Casa Ferreirinha no País.

Degustação vertical com sete safras do vinho Quinta da Leda, da Casa Ferreirinha

Degustação vertical com sete safras do vinho Quinta da Leda, da Casa Ferreirinha Foto: Isabelle Moreira Lima|Estadão

A primeira delas com 20 anos (1997, 1999, 2003, 2005, 2008, 2011 e 2014). No conjunto, ficou provado que o vinho tem (e mantém) cor intensa (ainda que as mais antigas carecessem de brilho – o viço da juventude?), acidez (essa sim) brilhante, uma estrutura firme e um toque de pimenta na boca. O 1999 prova que os pacientes acertam em esperar: há camadas e camadas de aromas e sabores a serem desvendados. Se comprar o 2014, safra à venda por R$ 679, favor esquecê-lo na adega por dez anos.

 

Ficou com água na boca?

Ficou com água na boca?