Paladar

Bebida

Bebida

Fazer chocolate se aprende na escola

Conhecer as novidades e técnicas da chocolateria vai ficar mais fácil para os paulistanos a partir da próxima semana, quando a franco-belga Barry Callebaut, uma das maiores produtoras de chocolate do mundo, abrirá sua escola em São Paulo – a primeira na América do Sul.

12 junho 2013 | 23:01 por lucineianunes

Instalada em uma área de 473 m², no 12.º andar de um prédio na Avenida Paulista, a Chocolate Academy vai promover aulas teóricas e práticas para iniciantes e profissionais. “Será um centro técnico para inspirar as pessoas a criarem seus doces e chocolates”, explica o chef francês Bertrand Busquet, consultor técnico da empresa no Brasil, que coordenou o projeto e assina a agenda de cursos.

Chef Bertrand Busquet na escola da franco-belga Barry Callebaut. FOTO: Felipe Rau/Estadão

“Queremos que as pessoas encontrem aqui a mesma estrutura e o mesmo conteúdo de nossas escolas instaladas em 14 países”, afirma o chef. Para tanto, o espaço abriga um auditório com capacidade para 32 alunos, um café onde também será servido almoço, vestiários e, claro, uma ampla cozinha, com bancadas de mármore, derretedeiras de chocolate, resfriadores e uma máquina de temperagem automática que deixa o chocolate no ponto certo para ser trabalhado o dia todo.

A programação estreia em julho, com aulas que vão de 3 horas a 3 dias e custam entre R$ 90 e R$ 1.900. A primeira, Descobrindo o Chocolate, com o chef Busquet, será de 9 a 11 de julho, das 9h às 17h (R$ 1.150). Na sequência, será a vez do pâtissier Josep Ribé mostrar as novidades da confeitaria espanhola.

Ficou com água na boca?

SERVIÇO – Chocolate Academy

Av. Paulista, 1.048, 12º andar, Bela Vista

Tel.: 2123-7955

>> Veja todas as notícias da edição do Paladar de 13/6/2013

Ficou com água na boca?