Paladar

Bebida

Bebida

Só de birra

Heloisa Lupinacci

Natal pede harmonia também nos copos

Radicais da bebida podem sossegar: o Paladar prova que qualquer prato da ceia vai bem com vinhos e com cervejas. Decida o que quer beber e veja as sugestões do colunista de vinhos Luiz Horta e do especialista em cerveja Ronaldo Rossi. A mesa está irresistível: os assados, os arrozes das páginas 12 e 13, os doces maravilhosos. E para você não estragar a festa servindo a bebida errada, sugerimos vinhos e cervejas que combinam com os clássicos natalinos

19 dezembro 2013 | 01:10 por Redação Paladar

Vinho e cerveja andam disputando os copos no mundo todo – a tal ponto que o consumo de cerveja nos países vinhateiros vem crescendo e o de vinhos em nações cervejeiras também. O fato é que cada bebida tem seu momento. E cada prato pede o complemento de determinados sabores, que podem estar em uma bebida ou na outra. É a arte da harmonização.

Não importa se você gosta mais de cerveja, ou prefere os vinhos. Se depender do colunista de vinhos do Paladar, Luiz Horta, ou do beer sommelier e chef Ronado Rossi, você vai saber exatamente o que beber durante a festa de Natal.

Os especialistas sugerem vinhos e cervejas que vão bem com cinco clássicos natalinos: mix de frutas secas, tender, peru, panetone e rabanada.

A ideia é garantir a harmonia de sua ceia – se não a ponto de fazer você ignorar o tio chato, a história repetida da prima, e a sogra sempre inconveniente, ao menos na combinação entre comida e bebida. É ver o que prefere, encher os copos e… tim-tim!

Ficou com água na boca?

PANETONE

VINHO

Panetone pede vinhos natalinos de verdade. Cabe espumante de Moscatel, com certeza, mas com os doces, eu fico com um cálice de Porto Tawny ou um Madeira.

Van Zellers Porto Tawny – R$ 98, na Ravin (tel. 5574-5789,?nbsp;ravin.com.br)

HM Borges Doce 5 anos - R$ 96,30 (apenas nesta semana, por R$ 57,80), na Adega Alentejana (tel. 5094-5760,?nbsp;alentejana.com.br)

CERVEJA

A doçura é o destaque na combinação, mas as notas de laranja e amêndoas também são marcantes e precisam ser levadas em conta.

Rochefort 10 - 330 ml (R$ 24,90), na puromalte.com.br

Samichlaus Classic - 330 ml (R$ 33,99), na cervejastore.com.br

CASTANHAS E FRUTAS SECAS

VINHO

Primeiro, um pop de champanhe, para começar a festejar. Qualquer um: o importante é a bolha, o som e a alegria. Depois, para combinar mesmo com as castanhas e frutas secas, um jerez amontillado.

Angheben Brut - R$ 52,30, na Mistral (tel. 3372-3400, mistral.com.br)

Jacques Selosse Initial - R$ 858,70, na World Wine (tel. 3085-3055, worldwine.com.br)

Fernando de Castilla Jerez Amontillado - R$ 51,06, na Casa Flora (tel. 2842-5199, casaflora.com.br)

La Botaina Jerez Amontillado - R$ 107,31, na Vinci (tel. 3130-4500,?nbsp;vinci.com.br)

CERVEJA

O mix de castanhas e frutas secas tem muitos elementos, uns mais salgados, outros adocicados, quem sabe algo picante. Não dá para harmonizar tudo, por isso a sugestão é uma cerveja leve, quase neutra, que limpe o paladar entre um punhado e outro. As witbier belgas são leves, cítricas e, mesmo com o tempero de casca de laranja e semente de coentro, não entram em choque com as castanhas ou as frutas secas.

Troublette da Brasserie Caracole - 750 ml (R$ 40), na Almada’s Beer Store (tel. 3647-8441, almadasbeerstore.com.br)

Damm Inedit - 750 ml (R$ 29,95), no Pão de Açúcar

PERU

VINHO

Abomino peru, americanismo sem sentido. Mas, neste época de tolerância, respeito quem quiser comer peru. E com ele vão os tintos leves e sem taninos, Beaujolais gelados ou um Morgon mais consistente. O Miolo Gamay é uma boa opção. Quem puder pagar mais, vá no suculento Jean Foillard Morgon 20011.

Miolo Gamay - R$ 24,99, na imigrantesbebidas.com.br

Jean Foillard Morgon 2011 - R$ 139, na Rouge (tel. 3887-4444, rougebrasil.com)

CERVEJA

O peru sozinho não costuma ter lá muita intensidade de sabor. Com o molho, pesa um pouco mais, mas para a ave, a melhor harmonização é uma belgian blonde, cerveja simples, também sem muita intensidade. O estilo tem aroma condimentado, um sabor adocicado que remete a mel e final seco.

La Trappe Blond - 750 ml, R$ 40,99, no estacaocerveja.com.br

St. Feuillien Blonde - 330 ml, R$ 20,99, na?nbsp;thebeerplanet.com.br

RABANADA

VINHO

Já na manhã do dia 25 (único dia do ano em que permito beber de manhã), para combinar com as rabanadas, nada como um Moscatel de Setúbal. O da Portus Cale é uma pechincha e tem um sabor do passado.

Moscatel de Setúbal - R$ 43,50, na Portus Cale (tel. 3675-5199, portuscale.com.br)

Moscatel de Setúbal 10 anos - R$ 338, Adega Alentejana (tel. 5094-5760, alentejana.com.br)

CERVEJA

Pela doçura e pela canela, uma opção boa são as tradicionais cervejas tradicionais de Natal Belgas, que são adocicadas, alcoólicas e condimentadas.

Gouden Carolus Christmas - 750 ml, R$ 43,99, na puromalte.com.br

Delirium Christmas - 750 ml, R$ 52,99, na thebeerplanet.com.br

TENDER

VINHO

Aqui aparecem aquelas pequenas altercações amorosas que surgem nas mesas familiares. Pois minha escolha é um branco: o equilíbrio entre acidez e doçura de um branco alsaciano não tem rival no caso. Algum tio vai ficar bravo e tentar emplacar um Carmenere cheio de taninos. Ele que o beba. Eu fico com um riesling.

Riesling Les Ecaillers 2005 (Léon Beyer) - R$ 196,88, na Vinci (tel. 3130-4500,?nbsp;vinci.com.br)

Zind-Humbrecht Terroir d’Alsace - R$ 139, na De la Croix (tel. 3034-6214,?nbsp;delacroixvinhos.com.br)

CERVEJA

Essa é fácil: a doçura do caramelo e das frutas somada ao condimentado do cravo combina em cheio com as weizenbock. Essas cervejas escuras feitas com malte de trigo são adocicadas e condimentadas e combinam muito bem com carne de porco. E temos dois excelentes exemplos no Brasil.

Erdinger Pikantus - 500 ml, R$ 15,90, na cervejastore.com.br

Weihenstephan Vitus - 500 ml, R$ 23,35, na costibebidas.com.br

Ficou com água na boca?