Paladar

Bebida

Bebida

No fundo, o que conta é a liberdade total de criar

Por Bob Fonseca

16 agosto 2012 | 07:00 por heloisalupinacci

Avaliar a cerveja caseira alheia é como ouvir um pai orgulhoso ao apresentar o filho recém-nascido: “Ele não é lindo?” Como mensurar o esforço e a expectativa de alguém com sua cria? É o caso da cerveja ao lado, feita em escala caseira e escolar, pela editora-assistente do Paladar Heloisa Lupinacci num curso de formação de novos produtores. Ela ainda é “jovem”, com pouca carbonatação e espuma. Também tem falhas perceptíveis. Mas, para quem a fez, será a melhor do mundo – e com razão. Há limitações de experiência e dos equipamentos caseiros. Mas, no fim do dia de brassagem, o que importa é a liberdade de poder – ou ao menos tentar – fazer cerveja.

Ficou com água na boca?