Paladar

Bebida

Bebida

Papa do vinho branco, Denis Dubourdieu é homem do ano da 'Decanter'

Uma das maiores honrarias do mundo do vinho, homenagem da revista inglesa foi dada a francês com propriedades em Bordeaux e consultor de vinícolas como Château d'Yquem

04 março 2016 | 14:01 por Isabelle Moreira Lima

Um cientista, proprietário de vinhedos e produtor de vinhos que também é agrônomo e professor de enologia. Às designações acima, todas a respeito do francês Denis Dubourdieu, pode-se acrescentar "homem do ano" da revista inglesa Decanter, uma das maiores honrarias (se não a maior) do mundo do vinho.

Francês Denis Dubourdieu recebeu uma das maiores honrarias do mundo do vinho.

Francês Denis Dubourdieu recebeu uma das maiores honrarias do mundo do vinho. Foto: Divulgação

Considerado um dos maiores especialistas em vinificação de brancos, ele administra as propriedades da família em Bordeaux (entre elas Château Reynon, Doisy-Däene e Clos Floridène) com o auxílio da mulher e dos dois filhos, além de prestar serviços como consultor para inúmeras vinícolas como Château d’Yquem, Cheval Blanc e Margaux (Pavillon Blanc).

Nascido em 1949, é professor de enologia na Universidade de Bordeaux desde 1987, responsável por formar gerações de enólogos, publicou mais de 200 artigos científicos, e fundou o Institut des Sciences de la Vigne et du Vin em 2009, um prestigioso centro de pesquisa.

Ficou com água na boca?

Seus estudos têm se concentrado principalmente em leveduras, aromas e colóides. Pesquisa também as causas da oxidação prematura em tintos e brancos, as notas vegetais e de pimentão verde típicas da submaturação, as moléculas responsáveis pelos aromas da Sauvignon Blanc e outras variedades, a estrutura molecular de vinhos com podridão nobre, e as melhores práticas no vinhedo e durante a fermentação para assegurar os vinhos mais aromáticos na taça. Por essas e por outras, foi citado em mais de 7 mil artigos ao redor do mundo.

Vinhos da Dubourdieu, como Le Rosé de Floridene e Le Clos de Reynon

Vinhos da Dubourdieu, como Le Rosé de Floridene e Le Clos de Reynon Foto: Tiago Queiroz|Estadão

Em uma entrevista à publicação inglesa, Dubourdieu se mostrou um amante da inovação. “Um dos maiores prazeres de ser um produtor de vinhos é que sempre há espaço para experimentação. A última coisa que você quer de um piloto de avião é inovação, mas na vinificação você pode se divertir experimentando diferentes técnicas”, afirmou.

Entre suas muitas alcunhas - o Professor de Bordeaux, o Papa do Vinho Branco - é também conhecido como o socialista do vinho, pelos preços que pratica em seus rótulos. Veja alguns vinhos de Denis Dubourdieu:

CHÂTEAU REYNON SAUVIGNON BLANC 2013 

Local: Bordeaux, França

Preço: R$ 87,26 na Casa Flora

Com grande potencial de envelhecimento, este Sauvignon Blanc é seco, tem corpo médio e é bastante mineral. Uma ótima opção de custo benefício para se conhecer o trabalho de Dubourdieu.

CLOS FLORIDENE TINTO 2012 

Local: Bordeaux, França

Preço: R$ 133,86 na Casa Flora

Este tinto estagia por 12 meses em barricas de carvalho. Encorpado, tem 13% de álcool e vai bem com carnes.

SAUTERNES CHÂTEAU DOISY DAENE 2005  

Local: Sauternes, França

Preço: R$ 373,57 na Casa Flora

Feito com Semillon (70%) e Sauvignon Blanc (30%) é um ótimo exemplo de outra vertente a que Dubourdieu se dedicou em sua carreira - uma curiosidade é que seu trabalho de final de curso foi sobre o estilo.

Ficou com água na boca?