Paladar

Bebida

Bebida

Unesco reconhece regiões vinícolas de Borgonha e Champagne como patrimônio cultural

No último sábado, dia 4, a Unesco, braço cultural da Organização das Nações Unidas (ONU), deu à região vinícola francesa de Champagne e uma parte da Borgonha o status de “patrimônio mundial”. O objetivo da certificação é reconhecer locais naturais e culturais que são significativos para a história da humanidade, o que pode resultar no recebimento de fundos para preservação das regiões. O comitê da Unesco responsável pela decisão inscreveu colinas, adegas e até casas da região da Champanhe, no nordeste da França, à lista. De denominação controlada, apenas os espumantes produzidos na área podem receber esse nome. Já na região da Borgonha, os vinhedos de Romanée-Conti, de Vosne-Romanée e de Montrachet, que produzem vinhos desde a Idade Média e hoje tem alguns dos exemplares mais prestigiados do mundo,  foram tombados como “paisagem cultural”. FOTO: Gui Gomes/Estadão

Ficou com água na boca?