Paladar

Bebida

Bebida

Saca essa rolha

Isabelle Moreira Lima

Vinho de Terrasses du Larzac, nova sub-região do Languedoc, chega ao Brasil

Saiba essa e outras notícias do mundo do vinho

19 abril 2017 | 20:39 por Isabelle Moreira Lima

No Brasil, o Languedoc virou sinônimo de vinho francês “pagável”. No entanto, denominações de origem dentro desta região ainda são desconhecidas. Fique atento ao nome Terrasses du Larzac, uma das mais novas, lançada em 2014, que graças aos seus solos argilosos calcários e à amplitude térmica faz vinhos frescos e elegantes.

Desta nova AOC, como são chamadas as denominações na França, vem o L’Emotion 2014 (R$ 190 na Belle Cave), da vinícola Les Mas de L’Escriture, comandada pela jovem Léa Fullá e seu pai Pascal. Corte de Syrah, Grenache, Carignan e Cinsault, é exuberante no primeiro contato (muita framboesa), e depois traz leveza e frescor.

Léa Fulla, que comanda a vinícola Les Mas de l'Ecriture ao lado de seu pai Pascal.

Léa Fulla, que comanda a vinícola Les Mas de l'Ecriture ao lado de seu pai Pascal. Foto: Les Mas de l'Ecriture|Divulgação

SAFRA 

Chardonnay em alta

Ficou com água na boca?

Um inverno frio e seco, logo, sem fungos, uma primavera sem excesso de chuvas e um verão ameno ajudaram a colheita da Casa Valduga, que neste ano aposta na Chardonnay e na Cabernet Sauvignon como suas grandes castas. Aos fãs do Pinot Noir Identidade, celebrado pela crítica internacional, convém esperar o próximo ano: a uva decepcionou, e neste ano vai só para a produção de espumantes. O varietal não será editado. 

HARMONIZA 

Jantar espanhol 

A Casa Europa faz menu de quatro etapas harmonizado com os vinhos da Real Compañía de Vinos, de La Mancha, a partir das 20h da próxima terça (25) por R$ 135. Informações pelo tel. 11 3063-5577. 

EXPANSÃO 1   

Portugal

A família Symington, historicamente produtora de vinhos do Porto, comprou terras pela primeira vez no Alentejo. A ideia é focar nas castas locais, diferentes das do Douro, e buscar um novo estilo de vinho. O nome da nova linha de bebidas ainda está sendo estudado – a propriedade chama-se Quinta da Queijeirinha, algo impronunciável em mercados importantes como Estados Unidos e Inglaterra. O grupo detém marcas como Dow e Graham’s.  

EXPANSÃO 2 

Califórnia

Francis Ford Coppola anunciou a compra de um vinhedo de cinco hectares no norte de Sonoma, na Califórnia. A aquisição é parte de um plano de expansão em 40 hectares.

Ficou com água na boca?