Paladar

Bebida

Bebida

Weissbier no café da manhã

Por Daniel Telles Marques

11 setembro 2013 | 22:03 por redacaopaladar

Gemütlichkeit é o jeito de viver na Baviera. Refere-se a um modo de vida baseado no bem-estar, nos prazeres simples e na convivência. Cerveja é parte fundamental disso. Na Baviera, a bebida está fortemente entrelaçada à cultura local. Bávaros impuseram a expansão da lei de pureza (cervejas feitas apenas com água, lúpulo e maltes) como precondição para a unificação da Alemanha no século 19.

Se fosse alemão, Noel Rosa teria de rimar weissbier com gemütlichkeit para pedir um café completo no botequim. Para um alemão do sul, um copão de weissbier é o equivalente à média que se pede por aqui na padaria. Pretzel, weisswurst (salsicha de vitela) e mostarda completam o desjejum de quem se dispõe a sentar em um dos mais de 80 biergartens de Munique numa manhã de sol de verão.

A seleção desta semana mistura tradições. Põe a bebida na mesa do café da manhã, como fazem os bávaros, porém dá mais opções de sabores – ficar apenas nas de trigo com gosto de banana, cravo e fermento é pouco. Por isso, fomos em busca de outros sabores típicos do café manhã. Leite, café, achocolatado e frutas aparecem nas cervejas abaixo – degustadas numa prova que teve a participação dos sommeliers de cerveja Maíra Kimura e Bruno Couto.

Ficou com água na boca?

FOTOS: Felipe Rau/Estadão

St. Gallen Weissbier

Origem: Brasil

Preço: R$ 19,90 (750 ml), no submarino.com.br

Teor: 5,5%

Para começar o dia com um clássico: cerveja de trigo. Leve e refrescante, limpa o paladar a cada gole, perfuma a boca com os aromas de frutas e condimentos. É mais doce que as weissbiers bávaras.

Aromas: baunilha, banana e cravo.

Vai bem com: waffles, queijo branco, frutas amarelas, salsicha de vitela, mostarda e pretzel.

Southern Tier Chocklat Stout

Origem: EUA

Preço: R$ 54,90 (650 ml), na cervejasocialclube.com.br

Teor: 11%

Para beber pouco e no frio, como se fosse um chocolate quente matinal. É uma russian imperial stout, por isso a potência do álcool. Apesar da força, esta cerveja não faz o tipo enjoativa. Boa para um brunch em dias de neblina.

Aromas: chocolate ao leite potente, café e baunilha.

Vai bem com: crepe com chocolate, sanduíche de queijo curado com copa.

Mikkeller Milk Stout

Origem: Dinamarca

Preço: R$ 22,99 (330 ml), na beer4u.com.br

Teor: 6%

É quase um pingado. Leva lactose, que se mistura com o torrado dos maltes (café e chocolate) e dá a impressão divertida de café com leite e chocolate. Cor escura e espuma persistente, alta e densa.

Aromas: tostado de chocolate, condimentados, herbáceo (segue a linha da cervejaria de carregar nos lúpulos americanos).

Vai bem com: salame no pão francês e sorvete de creme.

Schofferhofer Grapefruit Hefeweizen

Origem: Alemanha

Preço: R$ 10,90 (330 ml), na puromalte.com.br

Teor: 2,5%

É uma fruitbeer levinha, com grapefruit na receita. Cor de laranja-claro, pouco lembra cerveja. Ideal para um café da manhã para quem acha estranho beber antes do almoço. Doce e perfumada.

Aromas: tangerina, grapefruit, laranja e outras frutas cítricas.

Sabores: amargor baixo, doçura e acidez altas. Levemente salgada. Frisante, leve e adstringente.

Vai bem com: queijos amarelos e salada de frutas.

>> Veja a íntegra da edição do Paladar de 12/9/2013

Ficou com água na boca?