Paladar

Comida

Comida

Café com leite do Sertão

O chef Rodrigo Oliveira (Foto: Felipe Rau/AE)

31 julho 2011 | 14:21 por lucineianunes

O terceiro (e último) dia do Paladar – Cozinha do Brasil começou com a “aula-café da manhã sertanejo”. O título mais correto seria “manjar dos deuses do sertão”. Sim, porque Rodrigo Oliveira, chef do Mocotó, serviu um banquete a quem se dispôs a chegar mais cedo ao Hotel Grand Hyatt São Paulo neste domingo. Valeu muito a pena.

Os perfumes da cozinha sertaneja, suas cores e sabores foram traduzidos em pratos deliciosos feitos a partir de dois produtos que servem de base à alimentação do sertão, o milho e a mandioca. “Com a chuva temos a fartura. Com a seca, a escassez. Além dos dois ingredientes, temos o que a natureza nos ofertar”, afirmou Rodrigo.

As sobremesas servidas no café da manhã sertanejo (Foto: Felipe Rau/AE)

Para começar a refeição, café com leite e pão artesanal de mandioca com manteiga, servido quente. Em seguida, o chef apresentou a massa de mandioca ralada e prensada, um produto vendido na feira, barato, nutritivo e que se presta a inúmeros preparos, como o da beijoca, panquequinhas feitas com essa massa, queijo manteiga e coalho, leite, sal e, especialmente para a aula, cebola-roxa caramelizada.

“A vida fica mais rica quando se tem variedade”, disse Rodrigo, enquanto preparava cuscuz brasileiro, no vapor, que foi servido nas cumbucas com ovo mole e coalhada escorrida.

Ficou com água na boca?

“E por que não comer carne no café da manhã?”, questionou o chef. “Meu pai come carne-seca com xerém e leite. As pessoas acham estranho, mas comem presunto”, contou. Rodrigo provou o quanto é bom com seu pão de mandioca cozido no vapor e recheado com carne de sol. A massa é macia e sequinha e casa perfeitamente com o recheio úmido e bem temperado.

E não foi só. Rodrigo ainda serviu guisadinho de cabrito com batata-doce e quatro sobremesas: umbuzada (geleia e creme de umbu cobertos com espuma de leite); financier de castanha do Pará; congolais de coco, pirâmide de fubá e bolo sem rolo, uma versão quadrada do tradicional bolo de rolo recheado com goiabada. Para encerrar, claro, uma boa dose de cachaça.

Além do blog do Paladar, você também pode acompanhar as aulas do Paladar – Cozinha do Brasil pelo Twitter, Facebook e ver fotos no Instagram do Paladar (programa de fotos do iPhone).

Ficou com água na boca?