Paladar

Comida

Comida

Comidinhas, bebidinhas e boas conversas

O Mercado Paladar foi o ponto de encontro das mais de 6 mil pessoas que passaram pelo 8° Paladar Cozinha do Brasil no sábado e domingo. Mais do que um lugar para provar um pouco do cuscuz do Bar da Dona Onça ou o arrumadinho do Mocotó, a feira gastronômica funcionou como local para boas conversas. Era possível ver chefs trocando ideias e visitantes conversando com a equipe das barraquinhas, enquanto aconteciam shows ao vivo de samba, chorinho e mpb.

17 setembro 2014 | 21:39 por redacaopaladar

Na barraca de Ton Rodrigues, barista da True Coffee, havia sempre um grupinho de pessoas interessadas no Cold Brew, o café gelado resultado de um processo infusão de 18 horas em água fria com temperatura controlada a 17 graus. A bebida, vendida em uma garrafinha que lembrava uma cerveja, chamava a atenção de quem passava para provar um café quentinho, também vendido por eles.

Para quem estava procurando um papo sobre cerveja, o ponto de encontro era nas barracas das cervejarias Júpiter e Urbana. Além de vender a bebida, elas também tinham bonés, boinas e outros produtos da marca, incluindo uma capinha de celular. Outra opção para encher a sacolinha de compras era a Il Casalingo, com seus aventais, toalhas e panos de pratos feitos com tecido 100% natural. A loja das sócias Joanna Naracci e Larissa Saraval, que só existe online, virou “loja real” n’O Mercado.

FOTOS: Fernando Sciarra/Estadão

O hambúrguer do Meats foi um dos preferidos do público. No sábado, o estoque de 400 unidades acabou em pouco mais de 4 horas. “Foi fantástico”, comemorou Carlinhos Campos, um dos sócios do restaurante. No domingo, a barraca ofereceu hot-dog com molho de tomate especial, feito com cachaça de jambu e tucupi, que também fez sucesso: foram vendidos mais de 400 sanduíches. Paulo Yoller, chef do Meats, destacou a interação com o público como a melhor parte d’O Mercado. “A feira do Paladar teve essa diferença. Os clientes me trazem informações, fazem perguntas, comentam sobre o tipo molho que eu usei. É sempre bom essa conversa sobre comida”, avalia.

Ficou com água na boca?

 

Ficou com água na boca?