Paladar

Comida

Comida

Como calcular a quantidade de comida e bebida para uma festa

Confira dicas de como calcular a quantidade de salgados, sobremesas, bebidas e gelo para todos os tipos de festa ou churrasco 

13 dezembro 2016 | 18:28 por Redação Paladar

Uma das grandes dúvidas na hora de planejar uma festa é a quantidade de comida e bebida. E se faltar? E se sobrar demais? A organização ainda precisa levar em conta perguntas como: vai dar de preparar todos os pratos a tempo? Que horas colocar o vinho branco? Qual o momento exato de cozinhar a massa e aquecer a carne? 

Calma. O Paladar reuniu neste manual tudo o que você precisa saber. Pensando com antecedência, é mais fácil evitar a falta de algum item ou o desperdício de alimentos

SOS Natal: tudo o que precisa saber para preparar as festas de fim de ano

Não é uma ciência exata e tudo depende do estilo da festa, do perfil dos seus convidados e, é claro, do seu bolso. Portanto, a primeira regra é o bom senso. A quantidade de cerveja que você precisa gelar para um churrasco após o jogo de futebol é bem diferente da que precisará para o happy hour com as amigas. Se algum convidado tiver alguma restrição alimentar, isso precisa ser levado em conta. Você é quem melhor conhece seus amigos. 

Ficou com água na boca?

 

  Foto: Carlinhos Muller|Estadão

A seguir, confira dicas de como calcular a quantidade de salgados, sobremesas, bebidas e gelo para todos os tipos de festa ou churrasco. 

 

Como definir o cardápio

Antes de definir o cardápio, faça a lista de convidados, pois, dependendo do número de pessoas, algumas opções de menu são inviáveis. Não invente, por exemplo, de empratar a comida se tiver 50 convidados. Para definir o cardápio leve em consideração o horário da festa e saiba que no almoço as pessoas comem mais. Além de ter mais apetite durante o dia, almoços são mais longos, portanto, reforce a quantidade.

Outra consideração importante: é mais fácil acertar na conta quando há um prato só. É que, se tiver mais, os convidados vão querer experimentar os outros também. O problema é que, se você dobrar a quantidade, vai sobrar muita comida. Então, aumente apenas 30% na conta geral.

 

Como calcular a quantidade de comida 

● MASSA: Um cardápio com apenas uma opção de massa recheada pede o cálculo 200g de massa e 200 ml de molho por pessoa (ou 1 litro de molho para cada 1 kg de massa). No caso da massa seca como estrela do menu, o cálculo deve ser de 100g de massa (depois de cozida, o peso aumenta) e 250 ml de molho por pessoa (a seca pede mais molho que a recheada). Quem opta por servir uma massa acompanhada de proteína (carne, ave ou peixe) deve considerar a conta de 120g de massa e 180g de proteína por pessoa. 

AVE, PEIXE OU CARNE: Se a atração central for um prato de carne que tenha acompanhamentos, considere 200g de proteína e 160g de guarnição por pessoa. A quantidade total de acompanhamento pode estar dividida em opções como farofa (60g por pessoa) e arroz (40g do cru por pessoa). E, como sempre vale a pena repetir, se a proteína estiver acompanhada por massa, a conta é 120g de massa e 180g de carne, ave ou peixe por pessoa. 

 

Como calcular a quantidade de sobremesa 

Depois de caprichar tanto no menu, não dá para baixar o nível na hora dos doces. Para muita gente, a sobremesa é o ponto alto da festa. Se for investir em mais de uma opção o mais indicado é contar uma porção de cada doce para cada convidado do evento. E, se tiver sorvete, aumente a dose: sempre sai mais, especialmente depois do churrasco ou de uma refeição mais pesada.

● DOCES: Cada pessoa come, em média, 120g de sobremesa, se tiver apenas uma opção (exceto no caso do sorvete, que falaremos a seguir). Se forem várias opções, calcule 60g por pessoa para sobremesas cremosas; 1 fatia de cada torta ou bolo por pessoa. 30g de fruta por pessoa. 

● SORVETE: Se ele for a única opção de sobremesa, calcule 150g por convidado. Vale saber que 1 pote de 1kg rende 20 bolas (cada bola tem 50g, então, um pote rende para 6 ou 7 pessoas). 

 

Como calcular a quantidade de bebida 

De novo, a variedade dificulta o cálculo. O melhor é escolher uma bebida apenas que combine com o cardápio e reservar apenas uma ou duas garrafas de outra bebida, para socorrer alguém que não goste da primeira opção. E saiba: espumante faz sucesso. Pode ser apenas para o coquetel e o brinde, ou para a noite toda – mas aí prepare o bolso, quando é espumante, todo mundo bebe mais.

VINHO: Uma garrafa (750 ml) rende 6 taças, mas você conhece os convidados e sabe o quanto eles bebem. Para ter uma base de cáculo, considere uma garrafa de branco ou tinto para 2 pessoas. Se for vinho + espumante,  fica 1 garrafa de vinho para cada 3 pessoas e 1 de espumante para cada 4. 

ESPUMANTE: Se for servir a noite toda, calcule 1 garrafa para 2 pessoas. Se for apenas para brinde ou a recepção, 1 garrafa para 6 convidados. 

CERVEJA: Considere de 3 a 4 latas de 300 ml por pessoa. Se for chope, calcule 1,5 a 2 litros por pessoa. Vai te ajudar saber que 20 litros de chope rendem 66 copos de 300 ml. 

NÃO ALCOÓLICOS: Sempre existem convidados que não consomem bebidas alcóolicas, então, aposte na variedade de opções para este grupo. Na hora de contabilizar a quantidade de água (com ou sem gás) faça a estimativa de 500 ml por pessoa. No caso dos refrigerante e sucos o número muda para 300 ml por pessoa.

 

Como calcular a quantidade de comida para um churrasco

A primeira coisa que você precisa considerar é que o churrasco é uma refeição longa, com duração de até seis horas e isso muda as coisas, porque os convidados matam a fome e, umas horas depois, podem querer recomeçar. Outra coisa importante é que tem sempre a linguicinha, o pão com alho, o queijo, a farofa, tudo isso precisa entrar no cálculo total, que é de 600g por pessoa, incluindo carne, aperitivos e acompanhamentos. Mas a quantidade para homens e mulheres é diferente – e não se trata de sexismo, é só a constatação de que homens costumam comer mais que mulheres. 

CARNES: Calcule 400g para cada convidado homem. E 200g para cada mulher. 

GUARNIÇÕES: 200g por pessoa, distribuídos entre as diferentes opções, como arroz, farofa, vinagrete, pão de alho. 

CARVÃO: 1 saco de 5 kg para 6 kg de carne. A maneira de armazenar o saco de carvão depois de aberto é muito importante, principalmente na praia, pois não pode pegar umidade. A dica é embalá-lo em saco plástico.

 

Como calcular a quantidade de gelo 

Enquanto há gelo, há esperança. Eis um item que não pode faltar, mesmo. E você não pode contar apenas com a sua geladeira para dar conta do recado, mesmo com antecedência – com o abre e fecha da porta, você corre o risco de ficar na mão. (Que atire a primeira pedra quem nunca teve que pedir para um convidado ir correndo comprar gelo no meio da festa). 

Não adianta comprar o gelo se não tiver onde armazenar, então, planejse-se! Uma caixa de isopor grande ou uma tina resolve a questão. Na verdade, essa é a melhor forma de gelar bebidas para a festa: um isopor grande, cheio de gelo. Para acelerar o processo, acrescente sal grosso e álcool. E dica: mantenha um saco de gelo extra no freezer. 

● PARA GELAR BEBIDAS: 10 kg de gelo + 550g de sal grosso + 500 ml de álcool. Comece a gelar as bebidas quatro horas antes do início da festa. Para uma festa com 20 pessoas tenha 4 sacos de gelo de 5 kg. E vale saber: um saco de gelo de 5 kg é suficiente para encher uma champanheira que comporta 3 garrafas de espumante.

● PARA DRINQUES: Não esqueça de gelo limpo para as bebidas que levam gelo no copo – calcule 1 kg de gelo para cada litro de bebida destilada ou servida “on the rocks”.

Ficou com água na boca?