Paladar

Comida

Comida

Como identificar uma uvaiera

Por Neide Rigo

24 outubro 2012 | 22:34 por redacaopaladar

Para reconhecer uvaieira, preste atenção nas árvores com folhas que lembram as de pitanga só que mais finas, de cor rósea avermelhada quando jovens passando a verde acinzentado à medida que envelhecem. O tronco reto também é parecido com o da pitangueira: castanho esverdeado, liso, com escamas que se soltam no começo da primavera. Aliás, pitangas, goiabas, grumixamas, araçás, jabuticabas e uvaias são todas da mesma família das Mirtáceas. Em comum, são muito perfumadas, frutas e folhas. Uvaias têm película aveludada da mesma cor laranja que a polpa espessa e suculenta que rodeia as sementes.

Elas são muito mais proteica que limões e laranjas. Não importa muito, mas posso dizer: essa porção de proteínas vem representada na forma de larvinhas cevadas com o mais puro néctar da fruta. A não ser um certo asco, não há efeito colateral algum no consumo de larvas da mosca da fruta. Claro, torna-se imprópria para vegetarianos.

Agora, se você realmente tem desprezo por bichos-de-coco, gongos, tapurus , morotós e outras larvas, há jeitos de desproteinizar a polpa no cultivo ou preparo. Para quem planta, basta colocar iscas para a mosca ou evitar deixar uvaias maduras no chão para que o bicho não complete o ciclo e reinfeste as frutas.

Já no preparo, um jeito prático que encontrei foi congelar a fruta e, consequentemente, os bichos. Assim, a gente pode cortar lascas da fruta, que mesmo congelada não chega a endurecer, e desprezar o miolo da fruta junto com as larvas que costumam se concentrar ao redor das sementes. Você pode fazer isso para separar a polpa para a geleia ou para o sorvete.

Ficou com água na boca?

Leia mais:

Uvaia: Não tente domesticá-la

Veja todos os textos publicados na edição de 25/10/12 do Paladar

Ficou com água na boca?