Paladar

Comida

Comida

Direto da Amazônia

O cumaru foi a estrela no estande do Empório Poitara. Depois da aula de Alex Atala, todo mundo quis saber como era a amêndoa que lembra baunilha (Foto: Tiago Queiroz/AE)

29 junho 2012 | 13:52 por redacaopaladar

Por Paula Moura

Açaí branco – que na verdade é verde e tem notas de azeite de oliva – para comer salgado como no Pará. Azeite da própria castanha do Pará e creme da mesma que pode virar recheio doce ou salgado no pesto, massas e pães. A maçã do coco, usada hoje na aula do chef Alex Atala (Peixe Total), numa salada. O aroma marcante do puxuri, parecido com a noz moscada. A Amazônia está presente no mercadão do 6º Paladar Cozinha do Brasil em dois estandes. Um deles é o Empório Poitara, da paraense Antonia Padvaiskas, que fornece produtos a Atala há um ano.

É impossível passar sem ser atraído pelo aroma, cores e formas das frutas amazônicas e parar para provar um docinho – um pouco azedinho – de cupuaçu e os frutos de pupunha com melado de cana. As farinhas são um mundo à parte. A de ovinha, fabricada em Uarini (AM), é ideal para o cuscuz marroquino, enquanto a piracui, feita com o peixe acari, vai em bolinhos, moquecas e até com açaí. Nas cuias feitas por ribeirinhos, inspiradas em pinturas indígenas, ainda tem farinha d´água para pirão. Outro ingrediente usado na salada de Atala saído da tenda de Antonia foi o cumaru, uma amêndoa que, aberta, cheira a baunilha.  A banana pacovã também veio. Famosa na culinária paraense para acompanhar peixes e que “está boa quando a casca já está preta”, geralmente é preparada frita ou em forma de purê.

No estande da Ouro Verde, o açaí numa forma diferente tem chamado a atenção do público. Em pó, ele passou por um processo de liofilização, uma espécie de desidratação que mantém o valor nutritivo do alimento. “Cem gramas dele equivalem a um quilo do açaí congelado”, contam os expositores. Eles trouxeram também o azeite de castanha do paraná, que é bem mais concentrado em relação ao de oliva, e um tipo de farinha da castanha bem moída, boa para fazer bolos.

Ficou com água na boca?

Ficou com água na boca?