Paladar

Comida

Comida

Farinha de mandioca, ouro em pó do Brasil

Por Fabiana Guedes

30 julho 2011 | 18:59 por janainafidalgo

Ao receber o convite para a palestra sobre farinha de mandioca no Paladar – Cozinha do Brasil, o fotógrafo Pedro Martinelli fez um mergulho nos registros que ele fez ao longo dos anos que passou na Amazônia e ficou surpreso com o que viu: suas fotos estão, invariavelmente, ligadas à alimentação.

O tema recorrente, no entanto, ganha ares poéticos nas mãos do fotógrafo, como o público pode ver em um vídeo de dez minutos apresentado por ele na palestra. Focando na produção de farinha de mandioca na região do Rio Tiquié, alto Rio Negro, as fotos não deixam emocionar – e de levar à reflexão.

“Farinha [de mandioca] é tratada como coisa ordinária no Brasil. Ela é ouro em pó. Ela é o orgulho de comunidades indígenas”, lamentou Martinelli, que chegou à região amanzônica em 1970. O detalhe do finíssimo ralo artesanal usada pelas mulheres e os diferentes modo de torrar a farinha, fazem delas produtos únicos. “Não é tudo farinha do mesmo saco”, brincou.

Em tom de desabafo, Martinelli criticou a ausência de pesquisadores brasileiros em solo amazônico e a falta de incentivo aos produtos nacionais, para ele subjugados por interesses comerciais. Terminou dizendo algo que é, ao mesmo tempo, provocação e alerta. “O País tem de parar de tratar como exótico o que é sua cultura.”

Ficou com água na boca?

Além do blog do Paladar, você também pode acompanhar as aulas do Paladar – Cozinha do Brasil pelo Twitter, Facebook e ver fotos no Instagram do Paladar (programa de fotos do iPhone).

Ficou com água na boca?