Paladar

Comida

Comida

Flores, frutas, especiarias e até algo de amargo

Por Júnior Milério

30 outubro 2013 | 22:46 por redacaopaladar

Jataí | Sudeste

Tem em todo o Brasil, mas é símbolo do Sudeste: mel mais ácido e frutado.

Frutado e resinoso, muitas vezes com notas de especiarias como cravo e cardamomo.

Uruçu cinzenta ou tiúba | Amazônia oriental

Frutado, é relativamente doce, menos ácido.

Uruçu-boca-de-renda | Amazonas

Mel relativamente doce e floral, preserva o buquê dos néctares que o compõem.

Herbáceo, com notas de especiaria.

Relativamente doce, menos ácido, floral e frutado.

Floral e frutado, muitas vezes com traços de amargor.

Apis | Brasil todo

Mel doce e viscoso.

Canudo | Centro-Oeste

Extremamente ácido, resinoso, com notas cítricas ou de maracujá.

O mel é a fonte natural de maior concentração de açúcar e há indícios de que tenha sido consumido desde a Pré-História. No Brasil, até o século 19, só havia no Brasil mel de abelha nativa e os índios buscavam nele a energia para longos períodos de caça.

LEIA MAIS:

+ Procura-se o mel e a abelha

+ Cultura de abelhas brasileiras pode dar uma infinidade de saborosos méis – saiba onde encontrá-los

+ Enxame de jataís invade restaurantes

+ Brasileiro lidera campanha de alerta

+ Uma teia anárquica de combinações

+ Pesticidas afetam bússola dos insetos

>> Veja a íntegra da edição do Paladar de 31/10/2013