Paladar

Comida

Comida

Israel bate o Líbano na "Guerra do Homus"

O vilarejo israelense de Abu Gosh, com 5.200 habitantes, viu surgir anteontem, diante de si, um artefato curioso, repleto de comida, do lado de fora de um restaurante local.

10 janeiro 2010 | 17:29 por oliviafraga

Arte de 50 chefs, que participaram de uma produção coletiva de homus, iguaria à base de grão-de-bico, tahine (pasta feita de gergelim), limão, cominho e alho. Em um barril com 6 metros de diâmetro, eles prepararam 4.087 quilos de homus. Quebraram o recorde na categoria, que pertencia ao Líbano desde outubro.

O homus, um dos alimentos mais antigos da história da humanidade, é bastante usado na cozinha árabe. Recentemente, o Líbano obteve um registro, concedido pela União Europeia, que reconhecia o prato como um “legítimo patrimônio libanês”.

Cogita-se revanche imediata.

Ficou com água na boca?

(chef ajuda menino a provar homus)

Ficou com água na boca?