Paladar

Comida

Comida

Morre a escritora e culinarista Maria Stella Libânio Christo

Maria Stella, em 2002, durante lançamento de seu livro 'Minas de Forno e Fogão' / FOTO: Daniel Kfouri/Divulgação

20 junho 2011 | 20:46 por lucineianunes

“Ela era uma pessoa maravilhosa, inteligentíssima e que sabia conversar sobre tudo”, diz, emocionada, a cozinheira Nelsa Trombino, sobre sua amiga mineira Maria Stella Libânio Christo, que morreu na tarde de ontem, aos 94 anos, em Belo Horizonte. Vítima de um câncer linfático detectado no início do ano, Maria Stella manteve-se lúcida até a morte.

Mãe de oito filhos, entre eles o dominicano e escritor Frei Betto, autor de 51 livros, dona Maria Stella era cozinheira de mão cheia e grande conhecedora da culinária mineira.

Sua paixão pela cozinha lhe rendeu seis livros. O primeiro deles, Fogão de Lenha, publicado em 1971 e depois reeditado, traz receitas típicas das Gerais entremeadas por deliciosas crônicas e poesias sobre o tema. Já Fogãozinho – Culinária Infantil em Histórias (2002) e Saborosa Viagem pelo Brasil (2005), editados pela Mercuryo Jovem, são dedicados às crianças.

As outras obras de dona Maria Stella são Minas de Forno e Fogão – Receitas para Todas as Festas e para Todos os Dias do Ano; Quentes e Frios e Cozinha Popular.

Ficou com água na boca?

Amiga de forno e prosa, ela  era também um exemplo para dona Nelsa, dona do restaurante Xapuri, em Belo Horizonte. “Ela era ótima mãe, uma mulher dedicada e divulgadora de nossa cultura”, afirma Nelsa. “E mesmo com a idade avançada, tinha uma lucidez incrível e participava dos eventos. Eu e todo o povo de Minas sentiremos muito a falta dela.”

O corpo de dona Maria Stella foi cremado hoje à tarde em Contagem (MG).

Ficou com água na boca?