Paladar

Comida

Comida

Nhoque da fortuna

Por Lorena Tabosa

29 setembro 2013 | 13:27 por redacaopaladar

Especial para o Estado

Para celebrar o dia do nhoque da fortuna, no dia 29 de cada mês, coloque notas ou moedas embaixo do prato antes de começar a refeição. Coma sete massas, fazendo um pedido em cada uma delas. Diz a tradição que quem realiza o ritual atrai fortuna e tem sorte o ano inteiro.

A história teria começado no século IV, em um 29 de dezembro, quando uma família simples de um vilarejo italiano acolheu em sua casa um andarilho cansado e faminto que batia de porta em porta em busca de alimento. Apesar da pouca comida, a família dividiu sua refeição com o viajante e cada um teve direito a apenas sete massas. O hóspede, na verdade, era São Pantaleão. Ao ir embora, deixou uma surpresa: moedas de ouro embaixo de cada prato.

Ficou com água na boca?

O chef Massimo Ferrari, que comanda a rotisserie Felice e Maria, faz parte do clube dos apreciadores de nhoque. “Ninguém deixa de lembrar que nos dias 29 deve-se comer nhoque. Onde tem imigrante italiano, a tradição se espalhou”, diz.

Prova disso é o economista Luiz Fernando Zugliani, descendente de italianos, que mantém viva a tradição. Todo dia 29, uma nota de um dólar sai de sua carteira e vai parar embaixo do prato. E depois das sete massinhas de nhoque, não pode faltar uma prece para San Gennaro: “San Gennaro, San Gennaro, estou comendo esse nhoque para que nunca me falte comida na mesa e dinheiro no bolso”. Quando criança, Zugliani comia a massa que a mãe preparava em casa. Mas só em 2000 decidiu seguir o ritual. “Agora, como todo mês e meus pedidos são todos atendidos!”, conta.

Prêmio Paladar

Que tal aproveitar a tradição para eleger o seu nhoque favorito neste 29 de setembro? O Paladar separou 58 restaurantes que servem o prato em São Paulo e vai premiar o melhor na opinião do público. Vote!

Ficou com água na boca?