Paladar

Comida

Comida

Nossa identidade é refeição para compartilhar

Entrevista com Thiago Castanho, chef dos restaurantes Remanso do Bosque e Remanso de Peixe.

19 agosto 2015 | 21:01 por redacaopaladar

FOTO: Daniel Teixeira/Estadão

Os Remansos agora só servem comida para compartilhar?

Ficou com água na boca?

No Remanso do Peixe, todos os pratos são para compartilhar. No Remanso do Bosque, eu diria que é 60%.

A cozinha brasileira busca sua identidade. Acredito que essa identidade é a refeição compartilhada, com pratos no centro da mesa e todos dividindo.

Desde que fez a mudança, notou mudança no movimento?

Tinha muita gente que vinha para comer o menu-degustação. Mas não notei queda no movimento. Fizemos mudanças criativas no à la carte.

LEIA MAIS:

+ Entrada, entrada e sobremesa

É bom provar tudo, mas é bem chato disputar bocados

A tendência é forte no exterior. Por que agora chegou ao Brasil?

Em época de crise, o luxo passa a ser questionado. As pessoas não deixaram de sair, mas pensam mais no que comer.

Camarão empanado com tapioca do Remanso do Bosque. FOTO: Divulgação

 >>Veja a íntegra da edição do Paladar de 20/8/2015

 

Ficou com água na boca?