Paladar

Comida

Comida

Prêmio para chefs que querem mudar o mundo

Com lançamento do Basque Culinary World Prize e o Madri Fusión, Espanha movimentou o mundo gastronômico nos últimos dias

03 fevereiro 2016 | 17:17 por Redação Paladar

Nos últimos dias, a Espanha foi foco de novidades no mundo da gastronomia. Na cidade basca de San Sebastián, o espanhol Joan Roca e o peruano Gastón Acurio participaram do lançamento do Basque Culinary World Prize, criado pelo Centro Culinário Basco para recompensar o impacto positivo de restaurantes na sociedade.

A ideia é mostrar como a gastronomia pode ser uma força transformadora aliada a temas culturais, de responsabilidade social, sustentabilidade, etc. As inscrições vão até 30 de abril e pode ser feitas pelo site www.basqueculinaryworldprize.com.

Roca e Acurio são dois dos jurados ao lado de nomes como o catalão Ferran Adrià, o francês Michel Bras e o inglês Heston Blumenthal, entre outros. O grande vencedor, a ser anunciado em julho, levará 100 mil euros, que deverão ser investidos em um projeto que mostre o comprometimento da gastronomia com a sociedade.

Joan Roca, Elena Arzak e Gastón Acurio juntos em prêmio basco.

Joan Roca, Elena Arzak e Gastón Acurio juntos em prêmio basco. Foto: Ander Gillenea|AFP

Ficou com água na boca?

Ainda na Espanha, durante o Madri Fusión, na capital, o peruano Virgilio Martínez, o argentino Mauro Colagreco e o mexicano Jorge Vallejo apresentaram a técnica da pachamama, em que se cozinha alimentos embaixo da terra.

Dentro de um projeto de resgate de origens (nuestrosorigenes.org), ainda em andamento, eles querem recuperar antigas tradições e chamar a atenção para o desaparecimento de técnicas, como as usadas por índios.

>> Veja a íntegra da edição de 4/2/2016

Ficou com água na boca?