Paladar

Comida

Comida

Sequestrado, punk e curioso

16 fevereiro 2013 | 13:15 por heloisalupinacci

Foto que ilustra o perfil de Alex Atala na revista do ‘Wall Street Journal’. FOTO: Stefan Ruiz

Fazendo coro ao rumor de que Alex Atala deve, neste ano, ficar em primeiro na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, promovida pela Restaurant, a revista do Wall Street Journal publicou longo perfil do chef em que anuncia: “Como um sequestro na Amazônia, o punk rock e a curiosidade por comidas de seu Brasil nativo –  venenosas ou não – deram a Alex Atala as ferramentas para que ele comandasse o melhor restaurante da América do Sul. E agora, talvez, do mundo”.

No longo perfil, com quase 20 mil elogiosos caracteres, o chef David Chang, do Momofuku, define Atala como “o homem mais interessante do mundo” e  Roberto Smeraldi, diretor da OSCIP Amigos da Terra – Amazônia Brasileira, festeja a ascendência de Atala no movimento de preservação da Amazônia com a criação do instituto Atá.

O texto, em inglês, pode ser lido na íntegra aqui.

Ficou com água na boca?

Ficou com água na boca?