Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Brasil a Gosto vai virar boteco nos domingos de fevereiro

Nos quatro domingos de fevereiro, começando já no dia 1º, o restaurante Brasil a Gosto vai virar botequim, com mesas de metal, porta-condimentos de plástico e samba ao vivo. A ambientação foi criada para acolher o serviço de um menu criado a partir de receitas de boteco – fruto de pesquisa da chef Ana Luiza Trajano – com pratos como sanduíche de pernil acebolado com maionese caseira, filé aperitivo com catupiry, caldinho de feijão tropeiro e linguiça na cachaça com farofa de biscoito de polvilho. Para beber, uma pequena lista de cachaças, cervejas nacionais e oito tipos de caipirinha. Os preços ainda não foram definidos.

07 janeiro 2015 | 14:09 por redacaopaladar

As noites botequeiras do Brasil a Gosto são a primeira de quatro séries de eventos temáticos que Ana Luiza vai promover ao longo do ano – o tema das outras ela não revela.

Mini-sanduiche de pernil acebolado com maionese caseira de cebolinha e alho do Boteco do Brasil a Gosto. FOTO: Alexandre Schneider/Divulgação

“Fiz quase 50 cardápios diferentes para o Brasil a Gosto ao longo destes nove anos. Agora quero emprestar esse espaço para outras possibilidades que a cozinha brasileira permite. É uma outra maneira de traduzir nossa pesquisa de cozinha brasileira”, explica a chef.

Ficou com água na boca?

Novidades fixas. Além do projeto sazonal, Ana Luiza vai renovar cerca de 50% do cardápio do restaurante. Os pratos que entrarão foram selecionados dos cardápios que a chef serviu ao longo da história do restaurante – incluindo o de menus especiais, servidos por alguns meses e embasados na pesquisa sobre regiões do País e hábitos de alimentação do brasileiro.

“Tive um critério para escolher: o cardápio representa o Brasil como todo e expressa o conhecimento que acumulei ao longo de nove anos de pesquisas.”

SERVIÇO | Boteco Brasil a Gosto.

Onde: R. Professor Azevedo Amaral, 70, Jardim Paulista

Tel.: 3086-3565.

Quando: 19h/0h (todos os domingos de fevereiro)

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 7/1/2015

Ficou com água na boca?