Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Carioca Oro é eleito o restaurante mais promissor da América Latina

Restaurante do chef Felipe Bronze leva o prêmio "One to Watch" do 50 Best América Latina

10 outubro 2017 | 15:41 por Matheus Prado

Especial para o Estado

O carioca Oro, comandado pelo chef Felipe Bronze, foi eleito o restaurante mais promissor da América Latina em 2017. O prêmio One to Watch, anunciado nesta terça-feira, 10, faz parte do 50 Best América Latina, que nomeia os 50 melhores restaurantes da região desde 2013. A cerimônia desde ano, quando a lista será divulgada, será no próximo dia 24 em Bogotá, na Colômbia

O chef Felipe Bronze.

O chef Felipe Bronze. Foto: Leonardo Wen|Estadão

O Oro foi inaugurado em 2010 e ganhou uma estrela Michelin em 2015. Em 2016, ficou brevemente com as portas fechadas para uma reforma. No retorno, uma nova aposta: a brasa - a cozinha conta com uma parrilla, um yakitori japonês e um forno de carvão. “O fogo traz um conforto para nós na cozinha. Fico extremamente feliz pela minha equipe, que é a melhor que o Oro já teve”, diz Bronze.

Ficou com água na boca?

O chef também diz que é melhor focar no trabalho do que manter uma obsessão por prêmios. “É preciso fazer muito corpo a corpo, viajar promovendo o restaurante. Descobri que é melhor não focar só em ganhar”, finaliza. Além do Oro, o carioca é dono do Pipo, que deve abrir filial em São Paulo no início de 2018. 

Restaurante Oro.

Restaurante Oro. Foto: Tomás Rangel

Melhor chef mulher. Na categoria de Melhor Chef Mulher ganhou a colombiana Leonor Espinosa, que comanda o restaurante Leo, em Bogotá. O prêmio já foi vencido pela brasileira Roberta Sudbrack em 2015. Este ano, ainda será divulgado o chef homenageado pelo conjunto da obra, prêmio vencido no ano passado por Claude Troisgros, do Olympe.

LEIA MAIS:

Ficou com água na boca?