Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Chef do Noma ajuda restaurante somali bombardeado

Por Marcelo Osakabe

17 setembro 2013 | 21:56 por redacaopaladar

Quando ficou sabendo que o Village, restaurante da capital da Somália comandado pelo chef Ahmed Jama, foi alvo do seu terceiro ataque terrorista em cinco anos de existência, o dinamarquês René Redzepi resolveu agir. O comandante do reconhecido Noma e idealizador do MAD Symposium iniciou no dia seguinte ao ataque, 8 de setembro, uma campanha online para arrecadar € 12.500 e ajudar na reconstrução do restaurante. Hoje, apenas dez dias depois, eles bateram e ultrapassaram a meta, conseguindo € 12.973.

O chef Ahmed Jama cozinha em um hotel na capital somali. FOTO: AP

“Apenas algumas horas depois de ter lançado a iniciativa, pessoas de todo mundo começaram a contribuir e divulgar o nosso esforço. É encorajador saber que podemos contar com nossos colegas para ajudar aqueles que trabalham em circunstâncias tão excepcionais. Esperamos poder continuar fazendo isso”, agradeceram os criadores do MAD em seu blog.

Ficou com água na boca?

Ahmed e Redzepi se conheceram em agosto, quando o somali se apresentou no terceiro simpósio do MAD (veja o vídeo abaixo) – o mesmo em que Alex Atala matou uma galinha ao vivo. A palestra tinha como tema justamente a experiência de Jama, um expatriado que se tornou um chef bem estabelecido em Londres. Em 2008, ele decidiu voltar à capital Mogadíscio e colaborar com o esforço de reconstrução do seu país. Desde a queda do presidente Siad Barre, em 1991, a Somália sofre com a guerra civis entre diferentes facções locais, grupos islâmicos extremistas e incursões de países vizinhos.

Restaurante Village, em Mogadíscio, antes de ser bombeado. FOTO: Divulgação

Região ao lado do Village, após o ataque. FOTO: Feisel Omar/Reuters

O dinheiro arrecadado será usado para a reconstrução do restaurante e para ajudar as famílias das vítimas.

Ficou com água na boca?