Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Chef Rodrigo Oliveira é a personalidade do ano

Além de premiar os melhores pratos de São Paulo, o Prêmio Paladar reconhece a personalidade gastronômica do ano. A escolha deste ano foi bem fácil: Rodrigo Oliveira se destacou por tantas razões que foi o primeiro nome colocado na lista. E o caso foi imediatamente encerrado.

13 novembro 2013 | 22:03 por redacaopaladar

O Mocotó, do chef Rodrigo Oliveira, foi considerado o 15º melhor restaurante da América Latina este ano. FOTO: Fernando Sciarra/Estadão

O chef do Mocotó e da Esquina Mocotó, na Zona Norte da cidade, se destacou, primeiro, pela valorização do produto nacional. Em seus restaurantes só entram ingredientes brasileiros – há apenas duas exceções, o azeite, que é português, e alguns vinhos sul-americanos. O café vem da Bahia e é servido com paçoquinha da casa. Presunto de Catanduva, baby-maxixe, vinagre de caju, baunilha baiana…

A preocupação de Rodrigo com o que é local vai além de ingredientes e fornecedores. Ele dá preferência à contratação de profissionais que vivem no entorno da Vila Medeiros. A maioria chega caminhando.

Ficou com água na boca?

Rodrigo também fez parcerias com a FMU e a Otec e conseguiu bolsas de estudo para alguns de seus funcionários. Seis já se formaram, outros sete estão fazendo curso de serviço de salão e cozinha. O chef convenceu o Sebrae a promover oficinas de gestão e qualidade de alimentação fora do lar para comerciantes da região, e assim, tapioqueiras e boleiras estão se aprimorando.

Na cozinha, alheio às enormes filas de espera, o chef mantém a tranquilidade e não se cansa de fazer testes – em cinco meses de Esquina Mocotó, já desenvolveu 15 versões de carne de sol. O livro dele, Mocotó – o pai, o filho e o restaurante, sai no ano que vem. E ainda vem por aí a padaria Mocotó e a pracinha. “O que eu quero é poder cozinhar mais”, diz Rodrigo.

+ OS MELHORES DE SP: conheça todos os vencedores do 8º Prêmio Paladar

Ficou com água na boca?