Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Chefs se unem contra arrastões em restaurantes de São Paulo

Os chefs paulistanos estão se mobilizando para cobrar das autoridades atitudes contra a onda de arrastões nos restaurantes. Capitaneados por Danielle Dahoui, chef do Ruella, restaurante assaltado no dia 30 de maio, Benny Novak, Raphael Despirite, Léo Botto, Daniela Bravin e Paola Carosella, entre outros, se reúnem para lançar o movimento “Acorda Brasil: Juntos pela Vida”. No dia 4 de agosto, eles vão à Praça da Sé com doces e cartas para distribuir a quem estiver na rua. “Será um encontro para discutir o que cada um pode fazer para mudar sua rua, seu bairro e cidade”, diz Danielle.

12 junho 2013 | 23:03 por redacaopaladar

A chef foi a público para denunciar a falta de segurança depois que a matriz do Itaim foi saqueada por assaltantes. “Foram 4 minutos e 39 segundos que mudaram minha vida”, explica. “Ir à delegacia e ver que os assaltantes talvez pudessem até trabalhar comigo e ter outra perspectiva de vida me fez ir além do arrastão.”

De janeiro a maio de 2013 foram registrados 19 arrastões em restaurantes, segundo dados levantados pelo Estadão – a Secretaria de Segurança Pública não distingue arrastões dos demais assaltos da cidade.

“Meu objetivo é maior que resolver os arrastões. Minha preocupação é garantir a imagem de São Paulo e a prática de soluções que deram certo em outros países”, explica. A Associação Nacional de Restaurantes (ANR), cujos dirigentes visitaram a redação do Paladar na semana passada, defende que a questão vire assunto de segurança pública. O setor emprega 6 milhões de pessoas.

Ficou com água na boca?

>> Veja todas as notícias da edição do Paladar de 13/6/2013

Ficou com água na boca?