Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Depois da Tasca e da Taberna, é a vez da Padaria da Esquina

Chef português Vitor Sobral abre casa nos Jardins para servir pães típicos lusitanos, como mealhada, saloio, pão alentejano, papo seco, pão de mafra…

26 julho 2016 | 22:11 por Ana Paula Boni

O chef português Vitor Sobral, que não parou quieto desde que chegou ao Brasil anos atrás para abrir a Tasca da Esquina e depois a Taberna da Esquina, inaugurou nesta terça (26) a sua Padaria da Esquina, com pães e doces típicos lusitanos. Pão mealhada, pão de água, saloio, pão alentejano, papo seco, pão de mafra… são 15 os tipos, entre fixos e sazonais, que ficam dispostos em caixotes de madeira clara nas prateleiras atrás do balcão.

A produção é no andar de cima do amplo imóvel, que o Paladar conferiu em primeira mão e onde as fornadas são controladas pelos chefs Luiz Paulo de Vasconcelos Filho e pela argentina Laura Roldan, que trabalham há anos com Vitor. Laura, por exemplo, já trabalhou em Portugal e também integrou a equipe da Kitanda da Esquina em Luanda. Ali em cima, as salas são separadas de acordo com o produto: pães, doces e salgados e frituras.

Vista do balcão de pães da Padaria da Esquina

Vista do balcão de pães da Padaria da Esquina Foto: Lucas Terribili|Divulgação

A dica do que procurar na nova casa fica por conta da própria Laura: “O melhor para mim é o pão alentejano. A característica fundamental dele é a acidez da fermentação natural.” A massa mãe, como os portugueses chamam o levain, vai em vários pães, que misturam fermentação natural com outros fermentos.

Ficou com água na boca?

Pelo salão arejado e pela lateral sem janelas, mesas acomodam quem quiser comer esses pães puros ou na forma de lanches, já que a proposta do lugar é receber clientes das 7h às 22h para várias refeições.

Até as 11h30, por exemplo, há sugestões de combinados de café da manhã, como o Sintra, que reúne uma seleção de pães do dia, presunto, copa lombo, queijo minas, mel, compota, manteiga e queijada (R$ 28). Além disso, dá-lhe omeletes, frutas, iogurtes, cafés, sucos, doces e bolos.

Sanduíche com pão mealhada, peito de peru e queijo

Sanduíche com pão mealhada, peito de peru e queijo Foto: Lucas Terribili|Divulgação

Na hora do almoço, o lugar não serve pratos, mas entra em cena outro menu, que inclui as tábuas de frios e queijos, sopas, saladas, tostex (que eles chamam de tostas), hambúrgueres e sanduíches variados, além de salgados de balcão. Surgem também no cardápio cervejas, vinhos e licores - prove o Ginginha (R$ 18 a dose), um licor de ginja, espécie de cereja, tradicional bebida portuguesa. Há até um rótulo de cachaça, licença poética nesse mar lusitano.

Dá também para circular pelo salão em busca de coisas para levar para casa nas prateleiras que formam uma espécie de empório, com cafés, biscoitos, geleias e compotas.

Vista do salão da Padaria da Esquina

Vista do salão da Padaria da Esquina Foto: Lucas Terribili|Divulgação

SERVIÇO

Padaria da Esquina 

Al. Campinas, 1.630, Jardins

Tel.: 2387-0149

Funcionamento: 7h/22h

Ficou com água na boca?