Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Gordon Ramsay continua batalha legal para fechar restaurante que roubou seu nome

Em Tenerife, nas Ilhas Canárias, um restaurante chamado Lounge Cocktail Gordon Ransay’s Restaurant continua aberto, mesmo depois de quatro anos de batalhas judiciais para que o lugar pare de capitalizar em cima do nome do chef escocês Gordon Ramsay, de acordo com o jornal inglês Daily Record.

05 janeiro 2015 | 17:50 por redacaopaladar

No menu, pão de alho com queijo a 2 euros. FOTO: Reprodução

O restaurante impostor – cujo logo, por causa da fonte, acaba por enganar ainda mais os turistas – serve refeições com três pratos a partir de 7 euros e 95 centavos, muito abaixo do preço que se paga nas casas legítimas de Ramsay, que oferecem menus de alta gastronomia por 115 libras por pessoa.

O restaurante fica em um resort em Tenerife e os advogados de Ramsay se recusam a comentar quando o chef já gastou para tentar fechar o estabelecimento. Para confundir ainda mais os turistas, até o Trip Advisor caiu na pegadinha, já que no site o nome do restaurante é exibido com o “m” original no nome do chef.

The restaurant, which serves up tourist bait like garlic bread with cheese and breaded beef steak at the bargain price of €7.95 (about $10 USD) for three courses, is officially called Gordon Ransay’s, although thanks to the font used for the logo it looks decidedly like “Gordon Ramsay’s.” Travel site TripAdvisor has apparently fallen victim to the hoax; its review page for the Tenerife restaurant has the name incorrectly displayed as “Gordon Ramsay,” and diners’ verdicts vary from satisfied (“it’s cheap, cheerful & fine”) to damning (“worst food on the island”), though most seem to recognize the fact that the restaurant isn’t actually associated with the Kitchen Nightmares star. No site, o restaurante tem 2,5 estrelas de 5 no total, com várias resenhas destacando a baixa qualidade da comida e clamando “não vá!”.

Ficou com água na boca?

 

Ficou com água na boca?