Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Na Arábia Saudita, restaurantes proíbem entrada de mulheres solteiras

Thiago Sawada

01 dezembro 2014 | 20:18 por redacaopaladar

Especial para o Estado

“Mulheres não são permitidas”. A advertência colocada em frente a alguns restaurantes na Arábia Saudita barra a entrada de mulheres sem um acompanhante do sexo masculino, de acordo com o site Gulf News, que também disse que um proprietário de restaurante justificou a medida como solução para conter o excesso de paquera desencadeado pelas mulheres solteiras. De acordo com ele, a presença delas gera “vários problemas sociais” e muitas vezes elas se comportam de uma forma “chocante”.

“Nós colocamos esses sinais porque temos visto inúmeros incidentes de flertes ocorrendo dentro dos restaurantes”, explicou um dos donos ao jornal árabe Al-Hayat. Para ele, o comportamento feminino afeta negativamente o negócio e por isso só pretende remover os avisos quando tiver certeza de que tais situações jamais voltem a ocorrer.

Na Arábia Saudita, mulheres estão sendo impedidas de entrar sozinhas em restaurantes. FOTO: Fahad Shadeed/Reuters

Ficou com água na boca?

A medida atraiu elogios e críticas na redes sociais. Um blogueiro saudita escreveu que mulheres solteiras “falam em voz alta, sem nenhum respeito pelos modos em público” e se concentram demais em seus celulares que tocam músicas muito altas. “A melhor coisa é manter as mulheres longe de restaurantes, a menos que tenham um guardião masculino. Dessa forma, o restaurante não é fechado por causa do mau comportamento de uma mulher adolescente ou mentalmente instável.”

A Sociedade Nacional dos Direitos Humanos da Arábia Saudita solicitou a retirada imediata dos avisos. “Eles são contra a lei e refletem as opiniões pessoais dos proprietários”, disse o secratário Khalid Al Fakhi.A lei islâmica implantada na Arábia Saudita já impõe uma série de restrições às mulheres: elas são proibidas de dirigir, praticar esportes e trabalhar em lojas de joias. Em 2011, ativistas lançaram uma campanha incentivando as mulheres a postar fotos de si mesmas dirigindo com a hashtag #IWillDriveMyself. Algumas chegaram a ser presas e forçadas a assinar um termo se comprometendo a não dirigir novamente.

Ficou com água na boca?